domingo, outubro 22, 2017

Um olhar



A arte é uma flor nascida no caminho da nossa vida, e que se desenvolve para suavizá-la.

Arthur Schopehauer

quinta-feira, outubro 19, 2017

Pelos caminhos de Portugal...


O Buddha Eden – Jardim da Paz é um espaço com cerca de 35 hectares, idealizado e concebido pelo Comendador José Berardo, em resposta à destruição dos Budas Gigantes de Bamyan, naquele que foi, um dos maiores actos de barbárie cultural, apagando da memória obras primas, do período tardio da Arte de Gandhara. 


Em 2001, profundamente chocado com a atitude do Governo Talibã, que destruiu, intencionalmente, monumentos únicos do Património da Humanidade, o Comendador Berardo deu início, a mais um, dos seus sonhos, a construção deste extenso jardim oriental. Prestando, de certo modo, homenagem aos colossais Budas esculpidos na rocha do vale de Bamyan, no centro do Afeganistão, e que durante séculos foram referências culturais e espirituais.



Pretende-se, que o Buddha Eden seja um lugar reconciliação. Sem nenhuma tendência religiosa, abrimos as portas, a todas as pessoas, independentemente, da religião, etnia, nacionalidade, sexo, idade, condição cultural ou social, convidando à união, comunicação e meditação, como forma de redescobrir a felicidade. Ambicionamos, assim, percorrer o caminho contrário à destruição do ser humano e disseminar a cultura da paz.

 

Um pouco do BuddahaEden






































segunda-feira, outubro 16, 2017

sexta-feira, outubro 13, 2017

terça-feira, outubro 10, 2017

Pelos caminho de Portugal...



Núcleo da Cidade Muralhada

Porta da Barbacã

Na zona mais vunerável da cidade (Coimbra), entre as portas de Almedina e Belcouce, foi necessário reforçar a defesa, criando uma segunda cintura de muralha- a Barbacã.

A porta, parcialmente enterrada, desenha um arco quebrado típico das fortalezas da época manuelina e sobreviveu até aos nossos dias.





sábado, outubro 07, 2017

Um olhar








Em casa da minha irmã mais nova repousa um rádio gira-discos, cansado de uma vida agitada nos salões dos anos 50, onde damas e cavalheiros rodopiavam ao som de valsas, ou simplesmente sentados, ouviam e opinavam os acontecimentos da época.


quarta-feira, outubro 04, 2017

Um olhar


Verdadeira "arte" de Outono, sendo também inspiração para muitos artistas.


domingo, outubro 01, 2017

Li e gostei




Existem pessoas que não se tornam especiais pela maneira de ser, ou de agir, mas pela profundidade com que atingem os nossos sentimentos.

sexta-feira, setembro 29, 2017

Um olhar








Casas abandonadas são paredes rasgadas pela idade e desprezo que agitam a imaginação, despertando nostalgias e sentimentos de pesar.


Mona Lisa " Animada"

ShareThis