quinta-feira, janeiro 28, 2016

Um olhar


O transporte mais genuinamente alfacinha é o característico eléctrico, que é também uma das imagens de marca de Lisboa.

Os eléctricos serão provavelmente uma forma encantadora de conhecer Lisboa, ainda que o seu raio de acção esteja limitado.
Actualmente existem dois tipos de eléctricos: os modelos antigos datados já da I Guerra Mundial e os novos eléctricos, maiores e mais modernos, ainda que a maior parte se caracterize pela cor amarela. Existem também os eléctricos vermelhos, que são os reservados aos serviços turísticos especiais e não ao transporte público.




segunda-feira, janeiro 25, 2016

Um olhar




Mentiu com habilidade,
fez quantas mentiras quis;
agora fala verdade
ninguém crê no que ele diz.

Entre grandes e pequenos
ficámos quase iguais
dando a uns um pouco menos
e a outros um pouco mais.

Vós que lá do vosso império
prometeis um mundo novo,
calai-vos, que pede o povo
qu'rer um mundo novo a sério.

António Aleixo

sexta-feira, janeiro 22, 2016

Pelos caminhos de Portugal...


Hotel Astória

Inaugurado em 1926, fica situado em pleno coração da cidade de Coimbra, frente ao rio Mondego e ao Convento de Santa Clara, num edifício que é um dos símbolos arquitectónicos da cidade, da autoria de Francisco Oliveira Ferreira.








terça-feira, janeiro 19, 2016

sábado, janeiro 16, 2016

Pelos caminhos de Portugal...


O Santuário de Nossa Senhora dos Remédios fica situado em Lamego no monte de Santo Estêvão, sendo uma das principais igrejas de peregrinação do país.

A partir da Avenida Dr. Alfredo de Sousa, no centro de Lamego, existe uma imensa escadaria que sobe até ao alto do monte, onde se encontra o Santuário. Erguido em 1750 a sua conclusão termina apenas em 1905 e substituiu a capela dedicada a Santo Estêvão.

Com o tempo, a devoção a Santo Estêvão foi decaindo e foi crescendo a dedicação à virgem, que era o alvo das preces de quem padecia de males e necessitava de ajuda, o que deu origem à devoção a Nossa Senhora dos Remédios.

O Santuário e o longo escadório de 686 degraus que sobe o monte, estão envolvidos por um denso arvoredo, o Parque de Santo Estêvão e que confere um ar místico ao conjunto. O parque é um local muito aprazível com vários locais de descanso.

Ao longo do escadório encontramos diversos patamares, onde encontramos diversas obras de arte. Esculturas com variados motivos, fontes, obeliscos, painéis de azulejos e uma capela são algumas das obras que pode encontrar.

Do Santuário a vista sobre Lamego é formidável. Este é um dos locais de visita obrigatória na região.















domingo, janeiro 10, 2016

Pelos caminhos de Portugal...


O Chafariz do Paço da Sé, em Braga,é um dos emblemas da cidade, situando-se num largo adjacente à Rua do Souto. De tal maneira é marcante no imaginário português que o seu desenho chegou a ilustrar as notas de 500$00. Mandado construir em 1723 pelo Arcebispo D. Rodrigo de Moura Teles é uma estilização dos respectivos símbolos heráldicos: a taça, suportada por anjos, é ladeada por seis castelos e o sétimo constitui a coluna encimada por uma imagem feminina que simboliza a cidade.











quinta-feira, janeiro 07, 2016

segunda-feira, janeiro 04, 2016

Pelos caminhos de Portugal...



Pequenos “retalhos” do jardim do Palácio Beau Séjour .(Lisboa)

O palácio e jardins terão sido mandados construir pela Viscondessa da Regaleira por volta de 1849. Mais tarde foram vendidos ao Barão da Glória, e, em 1876, o palácio foi herdado por uns sobrinhos do Barão que o mandaram redecorar, convidando para o efeito alguns dos melhores artistas da época: os irmãos Bordalo Pinheiro - Maria Augusta, Columbano e Rafael, os irmãos Meira e o grande decorador Francisco Vilaça. Conservando ainda hoje muitas dessas obras (agora recuperadas), o Palácio e os jardins assumem-se como um verdadeiro museu da época romântica.

Ali instalado desde 1992, o Gabinete de Estudos Olisiponenses ocupa o espaço do palácio e dos jardins.


Coreto e lago




Banco




sexta-feira, janeiro 01, 2016

Sintonia entre olhar e poesia




Belo presente a Natureza e o Homem nos deu!
Será ingresso para gruta com lago?
A todos mata a sede com afago.
Explorador e refúgio seu?
Harmónica obra, com certeza!
Dois reinos em apogeu:
minério e vegetal mago.
Conservemos sem estrago
o natural museu
de mui rara beleza.


Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

11-05-1926 /23-04- 2015

Feliz Ano Novo


Para todos Vós!

(imagem-montagem)

Mona Lisa " Animada"

ShareThis