sábado, janeiro 03, 2015

Sintonia entre olhar e poesia



Que paisagem tão triste!
árvores secas que aumentam a solidão,
banco sozinho à espera de companhia.
Mas ao frio ela resiste.
Porém, as florinhas dão-nos consolação
augurando, em breve, bom tempo e alegria.
Sempre foi assim a vida humana:
o seu início é excitante,
mas a morte já ninguém engana:
vem e c'ela vamos num instante.



Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra


Mona Lisa " Animada"

ShareThis