quinta-feira, julho 01, 2010

Momento de Poesia com Agostinho Fardilha


Júlio César o nome te deu,
uma morte covarde o abateu;
lavra e rega o lavrador ocupa,
havendo, porém, folga na labuta:
os festejos do agrado do plebeu.


Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

Mona Lisa " Animada"

ShareThis