sexta-feira, maio 30, 2014

Pelos caminhos de Portugal...

A Ponte Romana de Cepêda, em Paredes, está localizada no centro da povoação, sobre o rio Sousa. Tem uma largura máxima de 3,4 metros e um só arco abobadado. Integrava-se no caminho medieval que do Porto se dirigia para Penafiel.









segunda-feira, maio 26, 2014

Pelos caminhos de Portugal...

Famosas em épocas passadas as "Azenhas do Arco" em Vila Fria (Felgueiras) eram muito procuradas.

Este tipo de moinhos são  as estruturas mais antigas  de aproveitamento da energia cinética da água dos rios e ribeiros.







terça-feira, maio 20, 2014

Um olhar



Onde está agora o amigo engraxador?
Nas aldeias, aos domingos, brilhava o calçado.
Rodeavam-no os homens na murmuração:
uns piropos às moças que no seu rubor
achavam graça e ouviam com agrado
se eram proferidos sem mal intenção.
Oh! mas fazem bem estas lembranças,
sinal que já não somos crianças.



Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

domingo, maio 18, 2014

Pelos caminhos de Portugal...

O Castelo da Lousã, conhecido também como Castelo de Arouce, situa-se num estreito contraforte da Serra da Lousã, a poucos quilómetros de Arouce.Não se conhece ao certo quando foi edificado, mas a tradição popular conta que na época da ocupação muçulmana, um emir de nome Arunce, o terá construído para proteger uma filha.   Este emir teria sido expulso de Conimbriga, pelas forças cristãs e antes de se dirigir ao Norte de África, para pedir reforços, terá construído este castelo para proteger a sua filha, de nome Peralta e as suas riquezas. Com esta história é também justificado o nome da povoação de Arouce.   Pondo de parte a lenda, o castelo poderá ter sido edificado por volta de 1080, na época de Fernando Magno, que dominava esta região, depois de a ter reconquistado ao árabes, que voltariam a conquista-la em 1124, para voltar a ser reconquistada por, Teresa de Leão e passar para o domínio português, com a independência do Condado Portucalense.   Toda a região da Lousã pertenceu aos duques de Aveiro até 1759, passando depois para a posse da Coroa portuguesa. Já no século XX foi classificado como Monumento Nacional, desde o que tem vindo a ser alvo de obras de conservação do edifício e da paisagem florestal que o rodeia.   O castelo tem pequenas dimensões, as muralhas estão construídas em alvenaria de xisto, cuja Torre de Menagem se salienta entre a vegetação, para quem de longe observa a encosta da Serra da Lousã.









sexta-feira, maio 16, 2014

Um olhar


Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessares o rio da vida.

quarta-feira, maio 14, 2014

Pelos caminhos de Portugal...


O Mosteiro de São Pedro de Cête, um dos mais antigos de Portugal, localiza-se na freguesia de Cête no concelho de Paredes.

Foi classificado como Monumento Nacional desde 1910 .Integra a Rota do Românico do Vale do Sousa.





segunda-feira, maio 12, 2014

sábado, maio 10, 2014

Um olhar


© Elisa Fardilha


(...)
Onde vais rio  que eu canto
Nova luz já te alumia
Lá no cais p'ra onde vais
Nasce amor dia após dia.


Sérgio Borges

quinta-feira, maio 08, 2014

Pelos caminhos de Portugal...



 A Ponte Romana  do Arco,sobre o rio Vizela é composta por dois arcos. Engloba os percursos de Vila Fria (Felgueiras). 










terça-feira, maio 06, 2014

Um olhar

Que dizer dos degraus que nos convidam à descoberta do fascínio da Natureza?


© Elisa Fardilha

quinta-feira, maio 01, 2014

Momento de poesia com Agostinho Fardilha


Fotos minhas
Composição: Luís Fardilha


            Maio (mês do lilium)
         

Mãe Hera amamentou esta flor;
a pureza significa ela,
i(í)ntima do verdadeiro amor,
onde se coloca, a imagem é bela.


Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

Mona Lisa " Animada"

ShareThis