quarta-feira, janeiro 01, 2014

Momento de poesia com Agostinho Fardilha


Fotos minhas
Composição: Luís Fardilha

Janeiro (mês do cravo)

       

Já de criança de cravos gostei;
a mando a Natura honesto serei;
não rejeito os de cor branca ou vermelha;
e o cravo amarelo? Olha-me de esguelha;
inverno é quando deles há abundância:
raras jóias de odores doces são!
o (h!) amor e beleza ao mundo dão.


Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra


Para todos VÓS


© Elisa Fardilha 

Mona Lisa " Animada"

ShareThis