segunda-feira, fevereiro 01, 2010

Momento de Poesia com Agostinho Fardilha




Fábula ou não; oh! não sei;
e na cand’lária se diz:
vem a chorar, tempo feliz
e a rir, borrasca terei;
romanos se purificavam
e seus erros expiavam;
iam, de seguida, aos templos
rogar aos deuses as bacanais,
orgias de irracionais.

Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

Mona Lisa " Animada"

ShareThis