segunda-feira, agosto 13, 2018

sexta-feira, agosto 10, 2018

Um olhar



Formigueiros são colônias de formigas. As formigas são insetos sociais, pois vivem em uma comunidade na qual os indivíduos dependem e protegem uns dos outros. O ninho é o local mais protegido nessa sociedade. Em alguns formigueiros, o ninho é subterrâneo, embora o monte de terra empilhada indique a entrada do formigueiro, tornando-o facilmente localizável. Geralmente, os formigueiros são extremamente movimentados, mesmo porque, cada formigueiro tem milhares e até milhões de formigas.

Ainda assim, a vida no formigueiro pode ser caracterizada pela organização. As formigas têm funções diferentes no formigueiro, sendo que tais funções variam dependendo da espécie de formiga.



terça-feira, agosto 07, 2018

Um olhar


O Sol escaldava ... olhou em redor, dobrou o tronco, qual banco , convidando a um descanso refrescante a quem por ali passasse.

quarta-feira, agosto 01, 2018

Li e Gostei



Você consegue saber se um homem é inteligente pelas suas respostas. Você consegue saber se um homem é sábio pelas suas perguntas.


Naguib Mahfouz


segunda-feira, julho 30, 2018

Um olhar





De todos os profundos oceanos do mundo.
Sou de todos os portos, do barulho das suas docas
De todos os enormes navios fundeados nos cais
E dos que estão encalhados nos bancos de areia (...)
Sou de todos os faróis que há nas noites das costas
Indicando, nos segundos cronometrados da sua luz,
A traição dos continentes, das ilhas e dos bancos de areia (...)
Sou de toda a extraordinária força da gente marítima
Que se entrega aos abismos do mar com a sinceridade
De quem se dá ao único destino possível da terra (...)
Sou de todos os voos de gaivotas e das suas travessias
Quase incompreensíveis aos homens da terra tão lentos
E tão distantes do entendimento das asas duma gaivota (...)
Por isso a minha pátria é o mar (...)


João Meneres de Campos, Mar vivo, In " A poesia da Presença"

segunda-feira, julho 16, 2018

Um olhar




Pescar: Preparar tralha, conviver com a natureza, conversar com os parceiros da pesca...o peixe é só um detalhe.

(autor desconhecido)

sexta-feira, julho 13, 2018

Um olhar


"Lembrem-se da sabedoria da água. Ela nunca discute com um obstáculo. Simplesmente o contorna".

(Augusto Curry)

terça-feira, julho 10, 2018

Um Olhar







(…)
Lembro o mar nos teus olhos

Ao deixar neste quadro

a saudade, depois de te perder

Eu pinto esta baía assim

E são mil cores ao pé de mim

Nesta baía eu descobri

Tantas imagens perto de mim


Delfins( Baía de Cascais)


sábado, julho 07, 2018

Um olhar

A flor Amor-perfeito significa amor romântico e duradouro. É uma delicada flor de origem europeia que atinge no máximo 15 cm de altura. O fato de ser redonda e achatada faz com que muitas vezes seja uma flor que se parece com uma face humana.

Em francês, o nome da flor é "Pensée", termo que significa "pensamento" e os amantes davam estar flor como presente antes de se ausentarem durante tempo indefinido, como garantia de que o seu amor nunca cairia no esquecimento. As aveludadas flores estão associadas à reflexão, ao pensamento e às recordações amorosas.

Em muitas ocasiões é oferecida por aqueles que pretendem transmitir a mensagem de um amor que nunca será esquecido. Um amor poderoso, cujas lembranças permanecerão no pensamento.



quarta-feira, julho 04, 2018

Um olhar



São redondas, são pequenas
Doces beijos de crianças
São regalos, são poemas
De prová-los, quem se cansa?

Lídia Borges

domingo, julho 01, 2018

Li e Gostei



Houve um filósofo que deixou aos infelizes esta máxima: se a tua dor te aflige, faz dela um poema.

Eça de Queiroz

sexta-feira, junho 29, 2018

quarta-feira, junho 27, 2018

terça-feira, junho 19, 2018

Um olhar



A inteligência é o farol que nos guia, mas a vontade que nos faz caminhar.


terça-feira, junho 12, 2018

Chegaram os Santos Populares!




Há festa em Portugal
São os santos populares
Da sardinha ao manjerico 
Os cheiros andam no ar.

Em Junho todos bailam
Assim é a tradição
As ruas estão enfeitadas
Lá de cima até ao chão.

A treze Santo António
São João a vinte e quatro
Logo a seguir São Pedro
de bailar não está farto.

São bailes populares 
como estes não há igual
Lusos pelo mundo inteiro
Têm saudades de Portugal.


Délia da Silva



                                

sexta-feira, junho 08, 2018

Um olhar


O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo dos seus próprios pensamentos. A maneira como você encara a vida é que faz toda a diferença.

( Luís Fernando Veríssimo)

quarta-feira, junho 06, 2018

domingo, junho 03, 2018

Um olhar



Reparei numa hera, aparentemente frágil, a trepar pelo tronco robusto de um pinheiro bravo como que num instinto de sobrevivência constratando o seu verde viçoso com o castanho rugoso do  tronco.

sexta-feira, junho 01, 2018

Li e Gostei



Para não fazeres ofensas e teres dias felizes, não digas tudo o que pensas, mas pensa tudo o que dizes.

António Aleixo

terça-feira, maio 29, 2018

domingo, maio 27, 2018

Um olhar



Ruas estreitas são lugares onde existe a entreajuda natural  entre os moradores.


quinta-feira, maio 24, 2018

sexta-feira, maio 18, 2018

terça-feira, maio 15, 2018

sábado, maio 12, 2018

Um olhar




"A vida, é um moinho imprevisível no qual giram ventos bons de felicidade, e maus de tristeza "



quarta-feira, maio 09, 2018

Pelos caminhos de Portugal...


As Portas de Ródão são uma formação geológica situada perto de Vila Velha de Ródão, resultante da intersecção do duro relevo quartzítico da Serra das Talhadas com o curso do rio Tejo. Neste local há um estreitamento do vale, que aqui corre entre duas paredes escarpadas, que atingem cerca de 170 m de altura.








terça-feira, maio 01, 2018

Li e Gostei


Fiquei magoado, não por me teres mentido, mas por não poder voltar a acreditar-te.

Friedrich Nietzsche



sábado, abril 28, 2018

domingo, abril 22, 2018

quinta-feira, abril 19, 2018

Pelos caminhos de Portugal...



Largo de São Sebastião (Lisboa)
Freguesia: Lumiar

Classificada como Imóvel de Interesse Público, por si própria e por integrar o conjunto do Paço do Lumiar, este pequeno templo do início do séc. XVI, dedicado a S. Sebastião protector da peste, sofreu beneficiações no séc. XVII, séc. XVIII e nos finais do séc. XX. De planta longitudinal, tem a fachada ladeada por pilastras adossadas e rasgada por portal manuelino com decoração vegetalista, uma cruz de azulejos polícromos ,com a data de 1628, na parede posterior da capela-mor, e torre sineira junto à cabeceira. A capela, de nave única e coro alto separado da capela-mor por arco triunfal de volta perfeita, possui no interior:painéis de azulejos figurativos, seiscentistas,de tipo "tapete"; painéis de azulejos, representando S. Pedro, S. Francisco, S. Paulo e Sto. António; frontais de altar azulejados; pinturas setecentistas do tecto; e sepulturas dos sécs. XVII e XVIII.








ShareThis