segunda-feira, outubro 13, 2008

Recordar Fernando Pessoa

Estão a decorrer as comemorações do 120-º aniversário do nascimento de Fernando Pessoa. Sou apreciadora da sua poesia (F.P.-Ortónimo), bem como dos seus heterónimos ( Alberto Caeiro, Álvaro Campos e Ricardo Reis)



Quando estou só reconheço
Quando estou só reconheço
Se por momentos me esqueço
Que existo entre outros que são
Como eu sós, salvo que estão
Alheados desde o começo.

E se sinto quanto estou
Verdadeiramente só,
Sinto-me livre mas triste.
Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe.

Creio contudo que a vida
Devidamente entendida
É toda assim, toda assim.
Por isso passo por mim
Como por cousa esquecida.
(Fernando Pessoa)
(Imagem: Internet)

Mona Lisa " Animada"

ShareThis