domingo, novembro 30, 2008

Sátira aos HOMENS quando estão com gripe.


Este poema de António Lobo Antunes retrata bem os homens, quando estão doentinhos, quase a morrer, com uma simples constipação ou gripe…

Os Homens e a gripe….

Pachos na testa, terço na mão,
Uma botija, chá de limão,
Zaragatoas, vinho com mel,
Três aspirinas, creme na pele
Grito de medo, chamo a mulher.
Ai Lurdes que vou morrer.
Mede-me a febre, olha-me a goela,
Cala os miúdos, fecha a janela,
Não quero canja, nem salada,
Ai Lurdes, Lurdes, não vales nada.
Se tu sonhasses como me sinto,
Já vejo a morte nunca te minto,
Já vejo o inferno, chamas, diabos,
Anjos estranhos, cornos e rabos,
Vejo demónios nas suas danças
Tigres sem listras, bodes sem tranças
Choros de coruja, risos de grilo
Ai Lurdes, Lurdes fica comigo
Não é o pingo de uma torneira,
Põe-me a Santinha à cabeceira,
Compõe-me a colcha,
Fala ao prior,
Pousa o Jesus no cobertor.
Chama o Doutor, passa a chamada,
Ai Lurdes, Lurdes nem dás por nada.
Faz-me tisana e pão-de-ló,
Não te levantes que fico só,
Aqui sozinho a apodrecer,
Ai Lurdes, Lurdes que vou morrer.
(Foto:internet)

sábado, novembro 29, 2008

Carlos do Carmo - "Fado Maestro"- 45 anos de Carreira


O fadista Carlos do Carmo, que está a comemorar 45 anos de carreira, actua hoje no Pavilhão Atlântico, em Lisboa e tem como convidados Camané, Mariza, Gil do Carmo e a cantora basca Maria Bemassarte, entre outros. Na mesma altura será editado o primeiro “best of” de Carlos do Carmo, “Fado Maestro”.

Carlos do Carmo iniciou a sua carreira artística em 1964. Representou Portugal no Festival da Canção em 1976 com a canção “ Flor de Verde Pinho”. Recentemente recebeu o prestigiado “prémio Goya “ com “Fado Saudade”.

De entre muitas outras, as suas canções mais conhecidas são:"Os Putos, Um Homem na Cidade, Canoas do Tejo, Lisboa Menina e Moça, Duas Lágrimas de Orvalho e Bairro Alto".

(Foto:internet)

quinta-feira, novembro 27, 2008

Congresso Fernando Pessoa

Decorre esta semana o Congresso Internacional Fernando Pessoa, que encerra as comemorações dos 120 anos do poeta. Organizado pela Casa de Fernando Pessoa, reúne pessoanos estrangeiros e portugueses. Uma das facetas deste encontro é a promoção do diálogo entre especialistas da obra de Pessoa com pintores, cineastas e outros poetas que se inspiraram na obra de Pessoa.

Mais uma poesia de Fernando Pessoa

Deve Chamar Tristeza

Deve chamar-se tristeza
Isto que não sei que seja
Que me inquieta sem surpresa
Saudade que não deseja.
Sim, tristeza – mas aquela
Que nasce de conhecer
Que ao longe está uma estrela
E ao perto está não a ter.

Seja o que for, é o que tenho
Tudo mais é tudo só.
E eu deixo ir o pó que apanho
De entre as mãos ricas de pó.

(Foto:internet)

quarta-feira, novembro 26, 2008

Cesária Évora " A Diva dos pés descalços"



A cantora de voz doce; a embaixatriz da música de Cabo Verde; a criadora das mornas, actua hoje pelas 22horas no cinema São Jorge, em Lisboa.

(Imagem:Internet)

Vasos Gregos em Santo Tirso

Está a decorrer, no Museu Municipal Abade Pedrosa, em Santo Tirso, a exposição “Vasos Gregos em Portugal”.
São 19 peças que convidam os visitantes a recuar no tempo, até aos dias remotos da antiga civilização grega.
Trata-se de uma colecção cedida pelo Dr. António Miranda, um coleccionador Tirsense, detentor de vários objectos históricos.
Inseri um vídeo com algumas das peças, em exposição.

Legenda das peças gregas
Séculos III e IV a.C.

1. Cartaz
2. Figurinhas de Tanagra
3. Oinoche (estilo Campaniense em relevo)
4. Lêkythos (tipo Gmathia)
5. Kekanis (estilo Apúlio de figuras vermelhas)
6. Kratêr-de-sino (estilo de figuras vermelhas)
7. Pelike (estilo de figuras vermelhas)
8. Oinoche (estilo Apúlio de figuras vermelhas)
9. Oinoche (estilo Pestense de figuras vermelhas)

Século VI a.C.
10. Olpe (estilo Ático de figuras negras)
11. Ânfora de Colo (estilo Ático de figuras negras)
12. Ânfora de colo (estilo Etrusco)
13. Olfe (outros estilos Áticos de figuras negras)
14. Ânfora de colo (estilo Ático de figuras negras)

terça-feira, novembro 25, 2008

25 de Novembro "Dia Internaciolnal para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres"

Um dia para lembrar, protestar e mobilizar contra a violência à MULHER.

Se fores vítima...Se fores testemunha... Não receies DENUNCIAR!!!

(Imagem:Internet)

segunda-feira, novembro 24, 2008

Momento de Poesia

Fases da vida

Tenho saudades da vida
Do meu tempo de criança
Desse mundo de esperança
Do folguedo que não cansa
Da Primavera perdida.
Tenho saudades da vida
Do meu tempo de Verão
Que marcou meu coração.
Vento forte de suão
Mais uma etapa vencida!

Vou ter saudades da vida
Desse tempo de Outono
Desse sol doirado e morno.
Folhas queimadas do tempo
Que levadas pelo vento
Vão povoando meu sono.
Mais uma encosta descida!

O Inverno baterá à porta
Irá batendo de mansinho.
E eu pedirei com carinho:
-Espera só um pouquinho…
Mas ele insistirá em passar
Para dentro da minha vida
E a natureza já morta
Teima ainda em recordar
A minha infância perdida.

( Von Breysky)
( imagem: internet)

domingo, novembro 23, 2008

"Vida" mensagens de Charles Chaplim

  • A vida é maravilhosa se não se tem medo dela.
  • A única coisa tão inevitavel quanto a morte é a vida.
  • A vida é uma tragédia quando vista de perto, mas uma comédia quando vista de longe.
  • A vida é significado; a vida é desejo.
  • A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

sábado, novembro 22, 2008

Momento de Poesia


Ao fechar os olhos…

Fecho os olhos,
E tudo o que estava distante
me vem à memória. Como uma luz
que ilumina a alma.
Como estrelas
Que iluminam a noite.
Fecho os olhos
E viajo na máquina do tempo.
Tudo quero ver e sentir.
Percorro vários lugares,
muitos instantes
e alguns olhares.
Fecho os olhos
e o sonho é real.
Fecho os olhos
e vejo aqueles de quem sinto saudade.
Fecho os olhos
tenho o que amo
e sou quem quero.

( Cristina Rodrigues)


(Imagem:internet)

sexta-feira, novembro 21, 2008

21 de Novembro "Dia Mundial da Televisão"

A caixa que mudou o mundo

Um pouco da sua história:

As primeiras experiências de transmissão de imagens televisivas, ocorreram no ano de 1926, em Inglaterra.
Nos Estados Unidos, fizeram-se as primeiras experiências a partir de 1927. Mas, de facto, a 1-ª televisão da história surgiu em Janeiro de 1928, em Nova York.
A televisão a cores começou em 1954 na rede Norte-Americana “NBC”.

Em Portugal, a televisão surgiu a 7 de Março de 1957 com as emissões do canal do estado, a RTP. Na década de 70 nasceu a RTP2 (2-º canal português televisivo). Em 1980 tiveram início as emissões regulares a cores, com a transmissão do Festival da Canção de 1980.
Nos anos 90 surgiram os canais privados SIC (1932) e TVI (1934).
Em 1994 apareceu a televisão por cabo.

Inseri vídeo do hino original da RTP.

(Imagem:Internet)

quinta-feira, novembro 20, 2008

Dia Universal dos Direitos da Criança

A 20 de Novembro de 1989 a ONU conseguiu que todos os países aprovassem a "Convenção Universal dos Direitos das Crianças".



Infelizmente esses direitos continuam, quase sempre, a não serem cumpridos.
(Imagem:Internet)

quarta-feira, novembro 19, 2008

Scorpions de regresso a Portugal

A banda Alemã actua hoje no Casino do Estoril, em Lisboa, numa digressão para promover o seu mais recente albúm "Humanity- Hour I".
É uma banda que aprecio, salientando as canções: "Still loving you " e "Wind of change".


(Imagem:internet)

" Mulher" Algumas citações


  • Uma mulher insensível é aquela que ainda não encontrou aquele a quem deve amar.

(Jean de La Bruyére)

  • Fragilidade, o teu nome é mulher!

(William Shakespeare)

  • Ela flutua, ela hesita:em suma, ela é mulher.

(Jean Racine)

  • Na sua primeira paixão, a mulher ama o seu amante; em todas as outras, do que ele gosta é do amor.

(George Byron "lord")

  • O que as calças no homem ocultam, nas mulheres revela-o. E é por isso que elas as usam justas.

(Vergílio Ferreira)

  • Há homens, há uma mulher.

(Jules goncourt)

  • Não amamos a mulher por aquilo que diz, mas escutamo-la se a amamos.

(André Maurois)

  • A maior ambição da mulher é despertar o amor.

(Jean Moliére)

  • Somente a mulher sabe do que a mulher é capaz.

(William Maugham)

  • A mulher - é o anjo e o diabo num só corpo.

(Alexandre Dumas "filho")

  • A mulher ou ama, ou odeia; com ela não há uma terceira hipótese.

(Séneca)

(Imagem:internet)

terça-feira, novembro 18, 2008

Parabéns Rato Mickey


Mickey,"o rato que criou o império da Disney", um herói da animação, a primeira estrela animada dos estúdios Disney, faz hoje 80 anos.
É um símbolo do século XX e da América. Desde o início que este, "rato simpático, amigável e irreverente", conquistou o público. Oficialmente nasceu há 80 anos , a 18 de Novembro de 1928.Começou por se chamar "Mortimer".Foi protagonista do filme "Steamboat Willie", que o lançou para a fama. No entanto, já tinha aparecido em Maio de 1928 numa curta metragem, "Plane Crazy", com a sua namorada "Minnie".
"Os Heróis da animação não "envelhecem".

(Pesquisa:internet)

Músicos nacionais em Moçambique

Os Músicos portugueses, Luis Represas e Pedro Abrunhosa actuam este mês em Moçambique, um país que se tem mostrado mais receptivo à música portuguesa, disse fonte da empresa de agenciamento "Oficina da Ilusão."

(Fonte:JN-17/11/2008)

segunda-feira, novembro 17, 2008

domingo, novembro 16, 2008

Momento de Poesia ( de novo Fernando Pessoa)

Poema

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
São as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Com os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Álvaro de Campos (Fernando Pessoa)

(Imagem:internet)

sábado, novembro 15, 2008

Santo Tirso "Capital dos Presépios"



Tal como tem acontecido desde 2006, Santo Tirso volta a ser “Capital dos Presépios”. Além das centenas de presépios que serão espalhados pelas montras do comércio, haverá este ano uma exposição a decorrer nas duas corporações de Bombeiros, locais, onde estarão expostos três centenas de presépios pertencentes a dois coleccionadores.
· Hoje às 18.30h no átrio da Câmara Municipal, será inaugurada a III Exposição Internacional de Presépios que terá este ano como país convidado, a França.
· De 29 de Novembro a 1 de Dezembro, poderá visitar a Feira Nacional de Presépios que contará com 40 artesãos de todo o país, incluindo Açores, que estarão ao vivo a mostrar a sua arte. A feira estará disposta numa tenda, frente à Câmara Municipal.

( foto:site da Câmara Municipal de Santo Tirso)

sexta-feira, novembro 14, 2008

"Último Metro"- Concerto de Jorge Palma

O cantor actua hoje às 21 horas, no Campo Pequeno em Lisboa, num concerto que encerra a digressão nacional do álbum " Voo nocturno", iniciada em meados de 2007.



quinta-feira, novembro 13, 2008

" Amor a Portugal "

Continuando a viagem por Portugal, inseri este vídeo com belas paisagens de algumas das suas regiões.


( Fotos- Jota Santos)

terça-feira, novembro 11, 2008

Dossier de Recordações

Hoje, dia de S.Martinho, voltei ao dossier das recordações escolares e tirei de lá a "Lenda de S. Martinho" resumida em banda desenhada. É um trabalho colectivo de um 4-º ano que leccionei em 1997.


A Lenda do Verão de S.Martinho



Num dia de tempestade ia S.Martinho, valoroso soldado, montado no seu cavalo.

Apareceu-lhe um mendigo quase nu, tremendo de frio.


Parou o cavalo e pousou a sua mão, carinhosamente, na do pobre.

Com a espada, cortou a sua capa, dando metade ao pobre.



O cavaleiro, apesar de mal agasalhado, seguiu viagem.

Subitamente, um sol radioso e quente apareceu.
É o Verão de S.Martinho

segunda-feira, novembro 10, 2008

Vinicius de Morais disse um dia...


“ Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Alguns deles, às vezes não os procuro, nem sei porquê! Mas preciso saber que eles existem. Esta mera condição encoraja-me a seguir em frente pela vida! Mas é delicioso que eu saiba que os adoro, embora não declare e não os procure sempre!...”

domingo, novembro 09, 2008

sábado, novembro 08, 2008

Momento de Poesia



Lágrimas

Lágrimas caem de meus olhos,
Não sei muito bem o porquê.
Outras rolam em seguida,
Continuo sem entender.
Talvez sejam lágrimas de amor,
Frustração, quem sabe até de dor.
Lágrimas de lamento, sofrimento e descontentamento.
Que lágrimas são essas que teimam meu rosto molhar?
Esse rosto que ontem era só sorrisos,
Hoje se mostra tão sofrido.
O que aconteceu que levou meu sorriso,
Tão espontâneo há alguns dias, que hoje não consigo encontrar.
Lágrimas doídas, sofridas que meu rosto continuam a molhar.
Quem ou o que me pôs a chorar?
Descobrindo o motivo,
Quem sabe consigo parar.

(Costa)

quinta-feira, novembro 06, 2008

Actriz Portuguesa Milú morreu aos 82 anos

Maria de Lurdes Almeida Lemos, a “namoradinha” de Portugal dos anos 40 e 50, mais conhecida por Milú, faleceu ontem, aos 82 anos, em Cascais. O seu funeral seguirá hoje da igreja de S. João do Estoril, para o cemitério local.

Um pouco da sua história artística…

Milú, fez carreira como actriz e cantora. Popularizou-se com as canções “A minha casinha” e “Cantiga da rua”.
Ainda hoje, a sua canção “A minha casinha” é um dos sucessos dos “Xutos e Pontapés”.
A última participação musical de Milú, ocorreu em 2007, num dueto com Patrícia Vasconcelos, para o álbum “Se o amor fosse só isso”.
Foi também uma figura de relevo do cinema português dos anos 40 e 50. Estreou-se no cinema aos 12 anos com o filme “ A aldeia da roupa branca”. Ficou conhecida por ter interpretado o papel de “Luisinha” no filme “O Costa do Castelo”.
“O Leão da Estrela”, “ Os Três da Vida Airada”, “O Grande Elias”e “ Kilas o Mau da Fita”, são alguns dos filmes em que participou.

Em Maio de 2007, foi agraciada com a Ordem Militar Sant'Iago e Espada, pelo presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

Paz à sua alma!


(Pesquisa internet)

segunda-feira, novembro 03, 2008

Justiça Social- "Lurditas"

Primeiro foi o Magalhães para o 1-º ciclo, agora veio o "Lurditas" para a 3-ª idade.

Pelo que a foto mostra parece que está a ser um sucesso!!!




( Recebido por e-mail)

domingo, novembro 02, 2008

Faleceu o humorista e comediante Badaró

O humorista e comediante Badaró morreu ontem, dia 1, aos 75 anos, vítima de cancro.As cerimónias fúnebres realizam-se hoje na igreja de Paço de Arcos. O corpo será entregue à faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, cumprindo o desejo do artista, de que o seu corpo fosse entregue à ciência.

Um pouco da história sua vida artística…

Badaró, tornou-se conhecido do público pelos papéis de humorista e comediante que desempenhou em programas televisivos.
Ficou famoso com a personagem “Chinesinho Limpopó” e a expressão “ Ó Abreu, dá cá o meu”.Estava a preparar uma festa para comemorar os seus 50 anos de carreira…”Quero fazer um espectáculo que reúna todos os meus amigos, no Parque Mayer ou no Maria Vitória”, um desejo que não conseguiu cumprir.

(Pesquisa internet)

sábado, novembro 01, 2008

Santos e Defuntos

Dia de Todos os Santos
Da visita aos cemitérios
Já sem choro nem prantos
Mas com dor e desencantos
Por tão estranhos mistérios.

Nós que os vamos visitar
Recordamos o passado.
É com profundo pesar,
Pesar que nos faz lembrar
Ser um dia os visitados…

Vamos lembrar quem foi nosso
Onde tudo é frieza,
Vamos rezar um Pai Nosso
Até que enfim” Serei Vosso”,
Com lágrimas de tristeza.

Naquela morada fria
Que nos faz arrepiar
Habitaremos um dia
Lugar que ninguém queria
Mas que ninguém vai escapar!

Senhor, o reino é vosso
Não há saber nem “treino”
Nada que temos é nosso
Dizer mais nem sei nem posso
Venha a nós o vosso reino.

( Fernando Pedroso)


Mona Lisa " Animada"

ShareThis