sexta-feira, outubro 31, 2008

31 de Outubro( Halloween/ Dia das Bruxas)

Resumo da sua história...




O Halloween é comemorado na noite de 31 de Outubro. No aspecto religioso, esta comemoração é conhecida como a vigília da Festa de Todos os Santos, dia 01 de Novembro. Estudiosos acreditam que os costumes populares do Halloween exibem traços do Festival da Colheita, realizado pelos romanos em honra a Pamona (deusa das frutas), e também ao Festival Druída de Samhain (Senhor da Morte e Príncipe das Trevas) que, de acordo com a crença, reunia as almas dos que tinham morrido durante o ano, para levá-los ao céu dos Druídas neste exacto dia. Para os Druídas, Samhain era o fim do Verão e o Festival dos Mortos.
31 de Outubro marca também o término do ano Céltico.
A festa do Halloween é comemorada em grande parte dos países ocidentais. Porém é mais representativa nos Estados Unidos. Foi levada para este país, pelos imigrantes irlandeses em meados do século XIX. Tem como base e origem as celebrações pagãs dos antigos povos Celtas. Em Portugal, este dia é comemorado em algumas terras, como o “Dia do Pão por Deus”. As crianças percorrem os bairros com um saquito às costas, batendo à porta das casas, de onde, normalmente, recebem “merendinhas” (pãezinhos com frutas cristalizadas dentro). Os símbolos do Halloween são as abóboras (imitando carrancas), fantasmas, bruxas, caveiras ,morcegos, etc...

( Pesquisa: internet)

quinta-feira, outubro 30, 2008

Momento de Poesia

Reflexo

Olho-me no espelho,
Rugas já se anunciam.
Faço esgares, me revejo.
Os olhos me denunciam.

São traços, expressões,
Sonhos não conseguidos.
São linhas, depressões,
Momentos já perdidos…

A juventude partiu.
Preencheu o coração.
No poente assumiu
Uma nova dimensão.

No espelho vejo vontade
De estar e partilhar
Experiência, saudade
Na vida ainda apostar…

( M. R. Luíz )

quarta-feira, outubro 29, 2008

Coimbra

COIMBRA
A cidade onde nasci, património cultural e histórico, cidade testemunha dos amores de Inês e Pedro.
Banhada pelo rio Mondego convida-nos ao passeio, à descontracção, ao saber…
As suas vielas sinuosas, os seus jardins centenários, os seus vetustos monumentos são um encontro permanente com o passado.
Cidade dos estudantes, pacata e afável, vive de tradições e de costumes académicos.
A rainha Santa Isabel, padroeira da cidade, protege-a do alto de Stª Clara, saindo à rua de dois em dois anos, numa procissão majestosa, arrastando fiéis e curiosos.
Mas Coimbra não é só história e paisagem, ela é também Fado! O Fado de Coimbra, único e profundo, cantado por vozes cavas e masculinas, onde as palavras sentidas se soltam e misturam às capas negras, a adejar, dos seus intérpretes.
A sua gastronomia também é típica e saborear o famoso «leitão à Bairrada» ou a «chanfana» é um privilégio!...
Esta é minha cidade, e se ouvirem a «cabra» a tocar na Torre da Universidade, é Coimbra que vos chama, a pedir que fiquem, que permaneçam, que a visitem.

segunda-feira, outubro 27, 2008

Momento Musical--" Aline- Christophe"

Mais uma canção que marcou a minha juventude. Ouçam-na comigo e talvez ,também, a recordem...

domingo, outubro 26, 2008

10-º Aniversário da morte de José Cardoso Pires

A vida e obra de José Cardoso Pires vão ser, hoje, objecto de uma evocação no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Leitura, conferência e exposição vão assinalar os 10 anos da morte do escritor.

Bibliografia Cardoseana

1949 – Os Caminheiros e Outros Contos
1952 – Histórias de Amor
1958 – O Anjo Ancorado
1960 – O Rendor dos Heróis
1963 – Jogos de Azar
O Hóspede de Job
1968 – O Delfim
1972 – Dinossauro Excelentíssimo
1977 – E Agora, José?
1979 – O Burro- em –Pé
1982 – Balada da Praia dos Cães
1987 – Alexandre Alpha
1988 – A República dos Corvos
1994 – A Cavalo no Diabo
1997 – De Profundis, Valsa Lenta
Lisboa, Livro de Bordo
Viagem à Ilha de Satanás

“A Balada da Praia dos Cães”, foi o seu maior sucesso internacional. Esta obra abriu um ciclo na produção romancista do autor.

( Pesquisa:internet)

sábado, outubro 25, 2008

Diferenças entre Presídio e Trabalho.....

Presídio
Você passa a maior parte do tempo numa cela 5x6m.
Trabalho
Você passa a maior parte do tempo numa sala 3x4m

Presídio
Você recebe três refeições por dia de graça.
Trabalho
Você só tem uma, no horário de almoço, e tem que pagar por ela.

Presídio
Você é libertado por bom comportamento.
Trabalho
Você ganha mais trabalho com bom comportamento.

Presídio
Um guarda abre e fecha todas as portas para você.
Trabalho
Você mesmo deve abrir as portas, se não for barrado pela segurança por ter esquecido o crachá.

Presídio
Você assiste TV e joga baralho, bola, dama...
Trabalho
Você é demitido se assistir TV, olhar e-mails(!) e jogar qualquer coisa...

(Recebido por e-mail)

sexta-feira, outubro 24, 2008

Santo Tirso ( cidade onde resido)

Santo Tirso, é uma cidade pequenina, situada na margem esquerda do rio Ave.Dotada de uma enorme beleza paisagística, está no entanto, "parada no tempo", pois o progresso é mínimo ou quase nenhum. Transformou-se num dormitório do Porto. É pena!!!
Apreciem, no slide que inseri, um pouco da sua beleza.





( Fotos: pesquisa internet)

Momento de Poesia


Amar é...


Amar é...sorrir por nada
e ficar triste sem motivos,
é sentir-se só no meio da multidão,
é o ciúme sem sentido,
o desejo de um carinho;
é abraçar com certeza e beijar com vontade,
é passear com a felicidade,
é ser feliz de verdade!

(Albert Camus)

quarta-feira, outubro 22, 2008

Mais 10 dos " 100 Segredos das pessoas felizes "

  • Os acontecimentos são temporários.
  • Desligue a televisão.
  • Nunca troque seus princípios por um objectivo.
  • Não finja ignorar as atitudes que incomodam nas pessoas a quem você ama.
  • Não se culpe.
  • Compre aquilo de que você gosta.
  • Faça do seu trabalho uma vocação.
  • Você é uma pessoa, não um estereótipo.
  • Tenha um objectivo.
  • Você ainda não terminou a melhor parte de sua vida.

( Do livro: "100 Segredos das Pessoas Felizes"de David Niven)

segunda-feira, outubro 20, 2008

Momento de Poesia


Outono da minha vida


As folhas caem
como desfalecidas.
O vento as leva
e outras nascem.
Nós partimos
e outros chegam.
Ainda estou vivendo;
o meu Outono!
O corpo dorido
e as folhas amarelecidas,
parecem Outono.
O meu Outono é Inverno:
frio, triste, doente.
Não há agasalho
que aqueça a minha tristeza,
nem um sol nascente,
que traga de volta a alegria.
Outono:
folhas caídas sem destino
que leva o vento.
Agarrado à esperança,
espero pela bonança,
para ser folha com destino...


(José Manuel Brazão)
(Imagem:internet)

domingo, outubro 19, 2008

Digressão de Ney Matogrosso em Portugal

O exuberante cantor e "performer" está de regresso a Portugal para a apresentação do espectáculo e do disco "Inclassificáveis".

Depois de um período mais sóbrio, Ney Natogrosso (de 66 anos), reaparece com o estilo ousado, que o levou ao estrelato no início da sua carreira.

A sua digressão em Portugal começou ontem em Espinho. Hoje será a vez do Porto, seguindo-se nos dias 21 e 22 Lisboa. A 24 estará em Faro e encerrará a sua digressão dia 26, na Figueira da Foz.

sábado, outubro 18, 2008

Frases de Albert Camus ( Prémio Nobel da Literatura em 1957 )


  • Eu revolto-me, logo existo.
  • Envelhecer é passar da paixão à compaixão.
  • Liberdade é uma possibilidade de ser melhor, enquanto que escravidão é a certeza de ser pior.
  • A estupidez insiste sempre.
  • A grandeza consiste em tentar ser grande. Não há outro meio.
  • A imaginação oferece às pessoas consolação por aquilo que não podem ser e humor por aquilo que efectivamente são.
  • A política é constituída por homens sem ideais e sem grandeza.

(Pesquisa:internet)

sexta-feira, outubro 17, 2008

Juliette Gréco ( concerto dia 16 no CCB em Lisboa )

Juliette Gréco, a" lenda viva" da música francesa, continua a subir aos palcos aos 81 anos. Actuou ontem no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Durante os anos cinquenta e sessenta, Juliette Gréco, gravou e divulgou canções de grandes senhores da canção francesa, como Charles Aznavour, Jacques Brel, entre outros. Depois de uma longa ausência, durante os anos setenta e oitenta, regressou em 1991 com um concerto memorável no Olympia de Paris. Gravou o seu último álbum, "Temps d'une chanson", em 2006.

(Fonte:Sapo)

quinta-feira, outubro 16, 2008

16 de Outubro " Dia mundial da Alimentação"


Gosto de sopa...





Se tivesse que escolher o que iria comer até ao fim dos meus dias, escolheria "sopa". A minha "relação" com a sopa é um misto de dependência, satisfação e aconchego!...Gosto de as saborear quentinhas...Gosto de todas, mas prefiro as rústicas. Aqui fica a sua história...



História da sopa...


Nos primeiros tempos do Cristianismo o pão de centeio parecia ser o pão para as penas religiosas e jurídicas. Reza mesmo a história que alguns santos viviam de pão de centeio mergulhado em água e polvilhado com sal.Era o princípio da sopa...Com os tempos bárbaros, na Gália, na Ibéria e em quase todo o império, entrou nos hábitos alimentares a fatia de pão em cima da qual se deitava o caldo, vinho, um molho ou líquido, daí a expressão antiga "molhar a sopa", isto é, cobrir de caldo as fatias de pão para as embeber. Hoje, a sopa é um caldo que não é passado nem ligado, mas emgrossado com pão, massas, arroz, guarnecido de carne ou de peixe e de legumes diversos. Quantos se usa pão, este deve ser duro, cortado em fatias bastante finas, de preferência torradas ou secas no forno; esta torrefacção ligeira desenvolve o aroma do pão e dá à sopa um sabor agradável. Em todos os países, a sopa é um prato tradicional. Na Idade Média, era feita com cebola, queijo, favas, abóbora, leite de amêndoas, ervilhas e couve, muitas vezes misturada com vinho, colorida com açafrão ou rica em ervas verdes. Era a refeição da manhã e muitas vezes, a refeição da noite.A sopa é um prato universal e popular, um alimento básico em quase todo o mundo. Basta estar atento e observar um pouco à nossa volta, as várias cozinhas regionais e nacionais e facilmente se concluirá que cada país tem a "sua" própria sopa e as suas próprias tradições, e que através delas somos capazes de ler a história de um país: A longa tradição da sopa subsiste, e em alguns países, como Portugal, continua a ser "habitual" comer sopa todos os dias.

Fonte: Livrinhos de água (C.M. de Santo Tirso)

(Imagem:internet)

terça-feira, outubro 14, 2008

Um momento de " Reflexão"

Deficiências

  • " Deficiente", é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
  • "Louco", é quem não procura ser feliz com o que possui.
  • " Cego", é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
  • "Surdo", é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
  • "Mudo", é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
  • "Paralítico", é quem não consegue andar na direcção daqueles que precisam de sua ajuda.
  • "Diabético", é quem não consegue ser doce.
  • "Anão", é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser Miserável, pois

" A Amizade é um amor que nunca morre."

( Mário Quintana)

Foto:internet

segunda-feira, outubro 13, 2008

Recordar Fernando Pessoa

Estão a decorrer as comemorações do 120-º aniversário do nascimento de Fernando Pessoa. Sou apreciadora da sua poesia (F.P.-Ortónimo), bem como dos seus heterónimos ( Alberto Caeiro, Álvaro Campos e Ricardo Reis)



Quando estou só reconheço
Quando estou só reconheço
Se por momentos me esqueço
Que existo entre outros que são
Como eu sós, salvo que estão
Alheados desde o começo.

E se sinto quanto estou
Verdadeiramente só,
Sinto-me livre mas triste.
Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe.

Creio contudo que a vida
Devidamente entendida
É toda assim, toda assim.
Por isso passo por mim
Como por cousa esquecida.
(Fernando Pessoa)
(Imagem: Internet)

domingo, outubro 12, 2008

Tem boa memória visual?

Este jogo japonês irá mostrar-lhe se tem boa memória visual e "que idade tem o seu cérebro".

Siga os seguintes passos:

  • Abra o link e clique na palavra "start"
  • Aguarde a contagem 3, 2, 1.
  • Memorize rapidamente os números que aparecem na tela e, em seguida clique nos números em ordem crescente. Por exemplo: aparecem 1, 3, 5. Memorize e coloque-os na ordem certa.
  • No final do jogo, o computador irá dizer quantos anos tem o seu cérebro.

Experimente: é divertido.

http://flashfabrica.com/f_learning/brain/brain.html>

(recebido por e-mail)

sábado, outubro 11, 2008

A importância da vírgula!...

Uma vírgula, muda tudo!...

“A vírgula pode ser uma pausa…ou não.”
Não, espere.
Não espere
.

Pode ser uma alternativa à dúvida…ou à
certeza.
Beije, não abrace!
Beije não, abrace!
Beije, não, abrace!

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
Uma vírgula muda tudo.
“Para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.”

( recebido por e-mail)


sexta-feira, outubro 10, 2008

Prémio Nobel da Paz

O Prémio Nobel da Paz, foi atribuído a Martti Ahtisaari, antigo presidente filandês, pelos " seus esforços, em vários continentes e ao longo de mais de três décadas, para resolver conflitos internacionais."

( Fonte: Sapo)

quinta-feira, outubro 09, 2008

Pensamento ( de todos os dias)



"Hoje ainda será melhor do que ontem!" Este deve ser seu pensamento para todos os dias. Acredite, confie em seus planos e a vida será cada vez melhor.Os seus pensamentos irão determinar o tipo de vida que você vai ter. Portanto, tenha pensamentos positivos, de esperança. Confie! Se você pensar que as coisas boas lhe acontecerão, isto se tornará realidade. Afinal, nossos pensamentos são como íman:se você pensar em coisas boas, só atrairá coisas boas. Se você pensar em coisas ruins, elas virão rapidamente! A decisão é sua!

(Louise Hay)

terça-feira, outubro 07, 2008

Momento de Poesia


Saudade do que não sinto.

Saudade do que não vejo.

Saudade do que não tenho

e desejo.

Saudade do que se perdeu.

Onde?

Não sei.

No oceano, no infinito, no abstracto...

Saudade daquilo que queria ter

e talvez nunca tenha.

Saudade dos meus sonhos,

perdidos no vazio.

Saudade do que não tenho,

e tanto queria ter.

( Cristina Rodrigues)

(Imagem: internet)

segunda-feira, outubro 06, 2008

Luanda " Cidade Maravilhosa"

Recordo com saudade a terra que me viu crescer, onde passei os melhores dias da minha juventude. Para que vejam a sua imensa e misteriosa beleza, inseri este vídeo.



( Fotos de Jota Santos)

domingo, outubro 05, 2008

Quem chega à cidade Invicta parece entrar numa lixeira

Quem percorre a cidade do Porto vê ruas que são verdadeiras picadas, prédios a cair, obrigando a mudar de passeio, exemplo do gaveto das ruas Formosa e Alegria. A própria rua de Santa Catarina, na zona dos peões, toda emporcalhada, com mendigos andrajosos, vendedores ilegais, casal a pedir para instituições( que não existem ) de tratamento da sida em crianças. Quase todas as ruas com prédios abandonados, degradados, falta de limpeza de ruas e passeios. Troços quase completos de ruas com prédios degradados, caso de Santa Catarina e de Gonçalo Cristóvão. Quem vem do estrangeiro e chega à Invicta mais parece que está a entrar numa lixeira.

( Alberto Gonçalves
Em "Cartas"-JN de 05/10/2008 )


" Não retirando a beleza à cidade do Porto, subscrevo inteiramente a opinião do leitor acima citado."
(Elisa Fardilha)

5 de Outubro de 1910/2008 ( 98 anos da implantação da República)

sábado, outubro 04, 2008

Flores de Angola

De uma beleza incomparável, as flores, mesmo as mais simples, têm o seu encanto. Alegram e embelezam qualquer lugar, com as suas variadas formas, múltiplas cores e profusão de cheiros. São uma das " maravilhas da natureza". Insiro um vídeo com algumas flores de Angola. Apreciem a sua beleza.




( Fotos das flores:internet)

Notícia SLB

Houve quem, por falta de carácter e num gesto infantil, eliminou a notícia em referência, por duas vezes. O uso abusivo da minha password, sem autorização, é considerado crime só comparado a um roubo. O clubismo e as paixões acaloradas não podem levar a que se cometam actos irreflectidos.

sexta-feira, outubro 03, 2008

Mais um dia Histórico para o Benfica...

Ontem o SLB inaugurou o canal TV BENFICA. Mais uma vez o GLORIOSO BENFICA continua a ser o maior clube Português, embora custe muito aos seus retratores, que só demonstram a sua insignificância.É mais um marco histórico na vida deste GRANDE CLUBE. O próximo a ter um canal de TV está a plagiar o grande SLB. Viva o BENFICA.

Momento de Poesia

O Vazio




Tudo aconteceu...
E depois ficou o vazio do amor.
Um espaço vazio
Que não se consegue ocupar.Depois ficaram os pesadelos
e as sombras.

Ficou o vazio da esperança,
da alegria e dos sorrisos.
Depois ficou um enorme vazio,
que só o negro consegue preencher.
Ficou o vazio do Sol.
Ficou o vazio da juventude.
O tempo parou de avançar,
e tudo à volta ficou tão vazio.
Foi pelo vazio,
que deixaste um lugar vazio,
Foi para fugir do vazio,
que deixaste um grande vazio.


(Cristina Rodrigues)

quinta-feira, outubro 02, 2008

Os meus poemas preferidos

Soneto de Amor total

Amo-te tanto, meu amor…não cante
O humano coração com mais verdade…
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te enfim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade
Amo-te enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei-de morrer de amar mais do que pude

(Vinícius de Morais)

quarta-feira, outubro 01, 2008

Dossier de Recordações

Faz hoje 9 anos que leccionei um 2-º ano. Era Outono, início do ano lectivo.Há dias ao remexer em recordações do tempo em que leccionei, encontrei um dossier onde guardo alguns trabalhos dos alunos. Escolhi este, por se relacioar com a época em que estamos. São provérbios pesquisados e seleccionados pelos alunos. Tirei foto do trabalho colectivo e aqui está. Por baixo copiei os provérbios para que os possam ler melhor.



  • Água o deu água o levou.
  • Mais vale água do céu que todo o regado.
  • Quando o sapo salta, água não falta.
  • Geada na lama, chuva na cama.
  • Por sol que faça, não deixes a capa em casa.
  • Névoa em alto, água em baixo.
  • Água salobra na terra seca é doce.
  • Corujas no serão, água na mão

Mona Lisa " Animada"

ShareThis