segunda-feira, janeiro 25, 2016

Um olhar




Mentiu com habilidade,
fez quantas mentiras quis;
agora fala verdade
ninguém crê no que ele diz.

Entre grandes e pequenos
ficámos quase iguais
dando a uns um pouco menos
e a outros um pouco mais.

Vós que lá do vosso império
prometeis um mundo novo,
calai-vos, que pede o povo
qu'rer um mundo novo a sério.

António Aleixo

29 comentários:

Catarina disse...

Conheco bem estas quadras.
Boa semana
: )

✿ chica disse...

Quadras bem sugestivas!Linda foto! bjs, chica e ótima semana!

Jorge Costa Reis disse...

Onde se prova que há gente de mente superior, independentemente do grau de instrução que possam adquirir na passagem por esta vida.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Como é bom reler António Aleixo o poeta do povo.
Um abraço.

Manu disse...

Bem a propósito estas quadras do Aleixo e a estátua é dele?


Beijos Elisa

Bella disse...

é o retrato da política sem dúvida :)

bjs

Cidália Ferreira disse...

Uma imagem divina.

Desejo um excelente semana.
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

O meu pensamento viaja disse...

Quanta verdade nessas palavras! Mesmo a propósito!
Boa seman.
Beijinhos

Liliane de Paula disse...

Quem é a bonita figura?

Remus disse...

Diria que virou moda retratar (em termos de escultura) os poetas e os escritores sentados nas mesas das esplanadas. Até poderemos ficar a pensar que eles não faziam mais nada do que estar sentados em cafés...
Mas é verdade que hoje em dia muita gente leva a vida assim... sentada nos cafés sem fazer nenhum...
:-)

São disse...

Aleixo teve uma arte enorme e um vida terrivelmente sofrida.

Ainda não vi esta escultura ao vivo.

Um abraço grande com votos de feliz semana

Crocheteando...momentos! disse...

Bem escolhido o poema e gostei desse olhar!!!
Bj

Ana Freire disse...

Desconhecia a estátua...
E adoro as palavras de António Aleixo... geniais... sempre de uma assertividade e actualidade incríveis!...
Gostei imenso deste olhar, Elisa!...
Beijinhos! Boa semana!
Ana

Morning Dreams disse...

Adorei o poema! :)

MORNING DREAMS

Sofia Silva, Beijos*

Dani Cristina disse...

Poetizar e ler ainda é o melhor remédio...adorei!
Beijo!

Zulmira Romariz disse...

Portugal é um país de poetas, e bons, gostei de ler António Aleixo, beijo
Lisa e boa semana

Pérola disse...

Poesia sempre atual.

Bela partilha.

Beijinhos

redonda disse...

Gostei do poema, fiquei a pensar se a estátua é do poeta e que tem um olhar um pouco severo.
um beijinho e uma boa semana

BlueShell disse...

Minha querida

Pbliquei sem esperança de ter qualquer comentário....e ei-lo. Muito Obrigada. Muito obrigada. Bj

BShell

BlueShell disse...

A foto...excelente. Nunca estive aí, ao pé da estátua.

Talvez um dia....

Bj

Anete disse...

Foto e versos reflexivos!
O meu abraço...

Haja paz!...

MARILENE disse...

Ricos versos e uma bela foto. Bjs.

Agulheta disse...

Olá Elisa.Que tudo esteja bem contigo,por aqui fiquei bem da operação e vai devagar e para melhor.O marido está recuperando aos poucos graças a Deus.Tudo do melhor para ti desejo.Beijinho

Carpe Diem disse...

Mas que momento fabuloso!! Um poema sublime e uma fotografia que em nada lhe fica atrás!
Beijinho

Ailime disse...

Boa noite Elisa,
António Aleixo bem actual no seu dizer poético!
Magnifica foto!
Beijinhos,
Ailime

Maria Dos Anjos disse...

Poema e imagem...Divino!

Beijo-gostava de receber a sua visita-aqui-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/
Obrigada.

Maria Rodrigues disse...

Uma linda foto e uma excelente escolha poética.
Beijinhos
Maria

Lete disse...

Verdades absolutas de quem já no seu tempo presenciava a tristeza da desigualdade social... :(
Bela foto e belíssimo poema, sem dúvidas!

Beijinho, Elisa!

Lourisvaldo Santana disse...

Promessas como sempre...

Grande abraço!

Mona Lisa " Animada"

ShareThis