quarta-feira, dezembro 03, 2008

Símbolos do Natal (I)

Cores do Natal

Esta tradição remonta aos festivais do solstício. O verde é a cor das verduras que tem uma grande importância na decoração.

O vermelho apareceu por causa do azevinho, que se dá durante o Inverno e se cobre de bagas vermelhas. Diz-se que este nascer das bagas simboliza Cristo.
O vermelho é também uma das chamadas, cores quentes, que no frio do Inverno dão a sensação de aquecimento.



Árvore de Natal

O pinheiro não perde as folhas durante todo o ano. Permanece vivo e verde. Entre as várias versões sobre a procedência da árvore de Natal, a maioria delas indicam a Alemanha como país de origem.
Consta que Martinho Lutero, autor da reforma protestante do séc. XVI, montou em sua casa um pinheiro enfeitado com velas. Queria assim, mostrar às crianças como deveria ser o céu na noite do nascimento de Cristo. A árvore simboliza a luz e a vida.





O Azevinho

Entre os Romanos, o azevinho era trocado como presente e considerado símbolo da paz e felicidade. Nos nossos dias, tornou-se a principal planta do Natal.
O azevinho liga-se à história cristã como planta que permitiu esconder Jesus, dos soldados de Herodes. Em compensação, diz a lenda, foi-lhe dado o privilégio de conservar as suas folhas sempre verdes, mesmo durante o Inverno.

(Fonte:Tradições de Natal)

(Imagens:internet)

Mona Lisa " Animada"

ShareThis