quinta-feira, janeiro 08, 2009

Os Reis Magos (3-ª parte)

.

O nascimento de um novo rei dos Judeus era uma ameaça para Herodes, que costumava derrubar, sem dó nem piedade, os seus opositores. Por isso, procurou informar-se junto dos mais importantes sacerdotes e escribas de Jerusalém onde é que devia nascer o Cristo. Responderam-lhe que as profecias apontavam para Belém.
Herodes, mal intencionado, mandou, secretamente, chamar os magos e pediu-lhes que o informassem, detalhadamente, sobre o Menino, já que também desejava ir adorar o herdeiro do trono de Israel.
Mas quem eram estes homens, que a tradição apelida de “reis magos” e de que longínquas terras provinham?
No decorrer dos séculos, muitas tradições e lendas se têm levantado acerca de tais misteriosas e simpáticas figuras. O seu número variou entre 3 e 12. A tradição mais recente chamou-lhes “reis” e na Idade Média foram-lhes atribuídos os nomes de Gaspar, Melchior e Baltasar. Sobre as regiões de onde vieram, uns dizem, que partiram da Pérsia ou Babilónia, outros, das regiões desérticas da Arábia e até há quem sugira que podem ter vindo da terra onde, em tempos, reinou a rainha de Sabá.
No mapa, a seguir, estão marcadas as rotas usualmente seguidas a partir destas terras.




Agostinho Alves Fardilha (o meu Pai)

Coimbra


(Continua )

Mona Lisa " Animada"

ShareThis