segunda-feira, novembro 23, 2009

Momento de Poesia


Novembro

Há pétalas a celebrarem sozinhas
a linguagem do amor
o cheiro da terra molhada
quando sobre o jardim cai Novembro
a humidade que nos abraça
o lusco-fusco precoce da mudança da hora
o crepúsculo já frio da tarde
pede o calor da lareira um interior
que aconchegue e sorva
o sabor do chá então servido.

todo o tempo do mundo pode parar
assim que alguém lho peça
mas o maior motivo sabemo-lo
não tem hora marcada nasce cresce mata
sempre que menos se espera
já tive dias horas meses assim
suspenso na vida pelo coração
a maior das ilusões todos os desenganos
mas não importa que interessa
não os trocava por nada

e o que as pétalas desse jardim ensinam
não vem nos livros tem séculos
é um cheiro a suavidade de um toque
tudo o que não falaremos
os movimentos da memória das vidas
o cor de que são pintadas
o a diferença de tom em todas as flores
o beleza eterna de cada
como uma dávida é isso
sim é isso
o que fica por dizer.

Pedro Strecht

Foto: Anazus (Suzana Fardilha)

17 comentários:

Paula Raposo disse...

Linda a foto!!
O poema uma maravilha de Novembro.
Beijinhos.

A Magia da Noite disse...

neste tempo de aconchegos procuramos sempre no intimo de nós o lugar onde tudo começou.

fernanda disse...

Foto que atravessa fronteias!
Foto que me leva ao discernimento!
Foto que traz a esperança!
Foto de uma beleza que nos conduz ao além!
Foto duma beleza eterna e é
"como uma dávida é isso
sim é isso
o que fica por dizer".
Não há dúvida que a palavra tem poder!
Este poema para mim tem dois caracteres muito próprios:
« a clareza e a profundidade do ser».
Quando nos diz:
"o cheiro da terra molhada"
"a humidade que nos abraça"
É como em mim isto se passasse.
Gosto deste poeta pois faz com que o leitor tenha as mesmas sensações.
Dou os Parabéns a quem escolheu este poema, pois penso que não foi um acaso.Tudo tem uma razão de ser!
É uma questão de sintonia?
É uma questão de sensibilidade?
É uma questão de simpatia?
Ou tudo isto se conjuga numa palavra: SERVIR.
Presto homenagem a todos aqueles que contribuem para que cada instante seja um momento de felicidade.

"Quem não vive para servir,
não serve para viver!"

Beijinhos.

Mena disse...

Olá!
Linda foto e o poema foi muito bem escolhido!
Bj
Mena

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
mas que poema...
parabéns tb pelos selinhos, já os levo comigo...obrigado.
fica bem,jinhos***

Bella disse...

A fotografia das montanhas e nevoeiro é linda!

BJs

JPD disse...

Um poema lindíssimo e admiravelmente ilustrado.
Saudações

♥ ♥ Eu disse...

Belo poema, onde os sentimentos se confundem com a estação.

Grande beijo e noite lindinha prá vc!

mfc disse...

Gostei do poema... mas a foto é um encanto!

ઇ‍ઉ Cyss disse...

lindo esse post amiga...de uma sensibilidade...

boa terça!!!

bjo!... ;)

Just Me...S disse...

Gosto de nevoeiro...se não tiver o cabelo arranjado hehehehehe

beijoca doce

Tiago Moralles disse...

Novembro é sempre inspirador.

Agulheta disse...

Como nasci em Novembro,admirei o poema,com toda a nostalgia que o mesmo trás até nós.
Beijinhos.

Lisa

marinaebrunaartes disse...

Ola!!!
Obg pelos comentarios e a minha Bruna já ficou contentissima!
Adorei ler o poema que esta realamente integrado na foto,no mês de Novembro e nas nossas vidas!
Bjinhos...

Lilá(s) disse...

Adorei a foto, e o poeta é o máximo!
Bjs

Nilson Barcelli disse...

Gostei querida amiga, é um belo poema.
Boa semana, beijos.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

Mona Lisa " Animada"

ShareThis