quarta-feira, março 10, 2010

Momento de Poesia



O dia amanheceu chuvoso.
A natureza chora.
Chora também meu coração.
A saudade
que sua ausência me trás,
Aperta-me o peito.
Sufoca em mim a voz
Que teima em querer
Gritar alto e para todos,
o quanto amo você.
Mas o grito fica retido
No vazio da solidão
Em que me encontro.
Resta-me apenas o consolo
De poder molhar meu rosto
Nas águas da chuva
E misturar minhas lágrimas
Às lágrimas da natureza
Deixando-as, juntas, caírem
Fertilizando o solo que nos sustenta.

(Marisa Nieri)


Foto minha

11 comentários:

lis disse...

E quando a natureza chora molhando a terra que nos abriga é hora de recolhermos a nossa insignificância e agradecer.
Pelas sementes que germinarão ,pelas flores que irão florir, ah chuva de bençãos que vem sobre nós! que saibamos tirar dela o proveito certo.
Bela poesia,lisa
e que o sol também chegue até vós bem brevemente,
abraços

Isabel disse...

Um grito por um amor perdido.
Bela foto.

Anónimo disse...

Um coração que chora.

Anónimo disse...

Olá Elisa!
É quase meia-noite.
Abri o teu blog. Que surpresa!
Que foto inédita!
Parabéns, pelo poema e pela foto, onde se vê a minha " propriedade ".

Peço desculpa por não ter estado presente.Não me foi mesmo possível

Em relação à chuva e para que
esteja desculpada, vou-te oferecer
um poema da minha querida mãe.
Ei-lo:
________A chuva__________________

Da chuva fresquinha
Como gosto dela
Branca como a neve
Batendo de leve
Na minha janela.

Pura, cristalina
Através da vidraça
É quase Divina
Sorri quando passa
Seus fios de prata caindo no chão.

À sêde que mata,
Leva vida e pão.

Na paz das aldeias
Das casas velhinhas
Há sempre um prece
Que o povo não esquece.

Virgem das candeias
Manda um chuvinha
Para regar o trigo
E o linho também.

Para à noite à lareira
Com todo o carinho
Fiar minha Mãe
Fiar minha mãe.



















___________________________________________________

Pérola disse...

Tuuuuuuuuudo passa,o que permanece é a esperança.
Beijos amiga.
Uma linda noite.

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

Olá Elisa
Amiga, é lindo sem dúvida alguma este poema.
Mas por favor mais água não.
hehehehehehe
Beijocas ENORMES
Ana

Paula Raposo disse...

Lindos o poema e a foto!
Beijos.

Just Me...S disse...

Lindo poema e a foto também!!!

Beijoca doce

Fernanda disse...

Olá Elisa,
depois de ler este poema tão profundo, tão intimo, tão lindo e com o qual me identifico tanto, não pude deixar de soltar uma gargalhada, ao ler o comentário da Ana Zuzarte.
Bjinhos.

artes_romao disse...

boa noite,td bem?
que belo poema;)
fica bem,jinhos***

mfc disse...

A solidão acompanhada é sempre a mais difícil...
Gosto muito deste género de fotos. Parabéns.

Mona Lisa " Animada"

ShareThis