terça-feira, abril 27, 2010

Momento de Poesia com Paula Raposo





Flores

Envolves de magia
o ar que respiro
como se as flores todas
tivessem vindo ver-nos,
envolves-me de poesia
como se o mar me abraçasse
e me deixasse ser eu
e eu então assim
te envolvo nos meus braços
como se a poesia fosse
toda a magia de todas as flores.


Paula Raposo

Foto minha

22 comentários:

Canduxa disse...

Elisa,

linda esta poesia da Paula Raposo....cheira a Primavera florida.


A foto não lhe fica atrás.

beijinhos

Savi disse...

Bom dia Elisa
Haverá maior beleza que a das flores!!!...lindísima esta foto,cheia de cor e alegria em comunhão com dois produtos naturais o barro e as flores.
A poesia encaixa perfeitamente nesta foto.
Beijinhos com carinho uma alegre e solarenga semana.
Savi

Bella disse...

Eu amo flores! A foto eu adoro! Até fico meia triste quando a minhas flores morrem no inverno!

Bjs

Lilá(s) disse...

Essa poesia é linda! a foto adoro.
Bjs

Zé Al disse...

Olá Lisa
Como sempre um lindo poema de Paula Raposo!
Uma visita rápida, mas não deixei de ler o que foi escrito anteriormente e só posso dizer que muitas ilusões do povo português
se perderam, devido aos nossos governantes não saberem aproveitar o que lhes foi oferecido ,ou antes aproveitaram em proveito próprio e não para desenvolverem o respectivo país.
Beijos Zé Al

Mena disse...

Olá!
Passei só para dizer olá, vou voltar logo para ler o post sobre o 25 de Abril.
Até mais logo!
Bj
Mena

lis disse...

Oi Mona
Bela composição poema e flores .
Elas tem esse poder de envolver-nos em perfume ,cores, beleza .
Bonito poema da Paula .
meus abraços

Agulheta disse...

Elisa.
Lindo poema com a magia da primavera adorei,como adorei a foto,adoro flores e barro.
Beijinho Lisa

Carla disse...

O poema é lindo e as tuas flores uma delicia, amei de paixão mesmo. Este fim de semana andei armada em jardineira, vamos lá a ver o que as flores dizem daqui a uns tempos eh eh eh Beijão e uma boa semana

Meio Cheio disse...

Este poema foi um momento para respirar fundo e sentir um ar de primavera de paixão. Adorei!! E a foto...ai como adoro flores!

Beijo grande*

Milai disse...

Gostei da poesia! Mas amei a foto, está linda! E ainda dizes que não tens jeito para artes, a fotografia também é uma arte. De certeza que se te dedicasses ainda mais farías uns trabalhos fantásticos.
Beijinhos

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Querida Mona Lisa,
vim aqui,especialmente para lhe emprestar asas ... Na verdade, para lhe dizer que as suas lindas asas estão prontas para vôos incríveis ! Abra suas lindas asas invisíveis e voe no inginito do seu doce coração. Vc é um amor.
Bj.Mell

A Magia da Noite disse...

é de facto a magia da poesia que faz as flores tão belas quando assim descritas.

Paula Raposo disse...

Muito obrigada, Lisa. Escolheste o meu dia para este poema florido, que ficou mais bonito com a tua foto!!
Muitos beijos.

Maria Luisa Adães disse...

Linda a poesia de Paula Raposo

e a gentileza, da publicação pelo lado de Mona Lisa.

APROVEITO A OPORTUNIDADE DE AGRADECER SUA PRESENÇA E PALAVRAS, NO MEU POEMA "ROSAS VERMELHAS".

MARIA luísa

Graça Pereira disse...

A linguagem das flores ...e a Paula Raposo fê-lo de um modo...mágico!
A foto está linda... e as flores são todas tuas?? És como eu, adoro flores e plantas!
Beijo
Graça

rosa-branca disse...

Lindo poema para uma linda foto. Cheirou-me a Primavera. Beijos amiga

JPD disse...

Belos, o poema e as flores

Bjs

Anónimo disse...

"Nunca é tarde para amar"

Já tinha visto esta foto tão fofinha, tão querida!
Porém , não tive ocasião de dizer algo. Peço imensa desculpa, pois este " cantinho do céu " , merece que lhe digamos algo.

Chama-se a isto "arte" de fotografar.
O contraste das vasilhas em barro ,com as flores tão lindas e delicadas, a disposição das mesmas, estão surpreendentes!

Explora, o teu sentido estético, pois é muito requintado.

Em relação ao poema de Paula Raposo, não poderias ter escolhido melhor.
A simplicidade dos versos,e a beleza das flores fazem um conjunto harmonioso, transbordando
a doçura, a pureza, o amor.

«As flores são sorrisos de DEUS como as estrelas: umas caíram na terra, outras continuaram a sua trajectória.»( Luís Veuillot)

Beijinhos.

Anónimo disse...

"Nunca é tarde para amar"

Já tinha visto esta foto tão fofinha, tão querida!
Porém , não tive ocasião de dizer algo. Peço imensa desculpa, pois este " cantinho do céu " , merece que lhe digamos algo.

Chama-se a isto "arte" de fotografar.
O contraste das vasilhas em barro ,com as flores tão lindas e delicadas, a disposição das mesmas, estão surpreendentes!

Explora, o teu sentido estético, pois é muito requintado.

Em relação ao poema de Paula Raposo, não poderias ter escolhido melhor.
A simplicidade dos versos,e a beleza das flores fazem um conjunto harmonioso, transbordando
a doçura, a pureza, o amor.

«As flores são sorrisos de DEUS como as estrelas: umas caíram na terra, outras continuaram a sua trajectória.»( Luís Veuillot)

Beijinhos.

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

Não tinha comentado ete post.
Que delicia de foto, eu adoro plantas, mas as que dão flor para mim, são as mais lindas.
Beijocas e bom fim de semana
Ana

Vieira Calado disse...

Como não haveria de gostar?

Até tive o prazer de conhecer a Paula

pessoalmente...

Bjs

Mona Lisa " Animada"

ShareThis