sábado, maio 01, 2010

Momento de Poesia com Agostinho Fardilha


Mês das flores. És o "Maio florido";
a (`) Virgem Maria, a nossa devoção;
início do mês, reivindicação
obreira ao capitalismo indevido.

Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

12 comentários:

Anónimo disse...

Um acróstico perfeito fazendo alusão a dois factos.
Maio, mês de Maria, Maio, mês do trabalhador.

Agulheta disse...

Elisa.Poema pequeno mas tem tudo que a Maio é devido.
Beijinho bfs

Lisa

Isabel disse...

Uma síntese do mês de Maio num belo acróstico.

Anónimo disse...

Uma singela, mas perfeita descrição do mês de Maio.

Paula Raposo disse...

Gostei! Beijos.

JPD disse...

Belo.

Um abraço para o poeta.

Savi disse...

Boa tarde Elisa
Amiga penso que deve sentir muito orgulho por ter como Pai uma pessoa com muita SABEDORIA.
Ficou perfeito este acróstico.
Beijinhos com carinho,um óptimo fim de semana.
Savi

Anónimo disse...

Agostinho Fardilha,nosso poeta amigo, conseguiu com uma quadra dizer "tudo" sobre o mês de Maio.
Quase que se poderia aplicar o que por nós é tão conhecido:
«Com três letrinhas apenas
se escreve a palavra mãe?!...», mas será mais adequado para o dia 2 de Maio, Dia da Mãe, não acham?!!!

É muita linda esta quadra.
Espanto-me com a sua clarificação de ideias.

O seu primeiro verso composto de dois períodos!!! É fabuloso!
Iniciou-o de imediato com o que tem de mais belo o mês de Maio.
«Mês das flores»!
Na segunda frase condecora-o com uma belíssima "medalha"
«...És o " Maio florido" ;»

Mas quem merece a melhor medalha do mundo?
Duma ternura confessa:
«...a(`) Virgem Maria, a nossa devoção;»

Virgem Maria é
lembrada e reconhecida pelo poeta.
Sentimos que o autor tem fé e amor pela nossa Mãe do Céu e que tem " talvez" o objectivo de avivar a nossa memória (todo aquele que escreve pretende dizer algo).

E com toda a verdade constata a realidade dos nossos tempos, afirmando:
«...início do mês, reivindicação
obreira ao capitalismo indevido.»


E acrescento, se me é permitido
«Não há rosa sem espinhos».

Parabéns.
Obrigada pela partilha. Já a esperamos, pelo menos, uma vez por mês!Mas se nos visitar mais vezes, cá o aguardamos com muito prazer.

Elisa, parabéns também para ti. Trata-se do teu pai mui querido.
Beijinhos.

fernanda disse...

Queria rectificar o meu lapso quando faço a atribuição de dois períodos no primeiro verso.
Desejava apenas reforçar os dois pensamentos, pois a quadra só é formada por um período apenas.

Desculpe-me Sr. Dr. Agostinho.

Anónimo disse...

Este meio de comunicação é duma eficiência fantástica.Por isso vou usá-lo pela 3ª vez!!! É verdade!

Sempre tenho na mente que :
«Errar é humano e perdoar é divino.»

«Quando estás emocionalmente afectado, respira fundo, conta até...
e quando a tua "temperatura estiver normal, então faz o que deves»

Em relação ao primeiro conselho, espero ser perdoada.
Em relação ao 2º conselho tomei-o a sério! Vou tentar cumpri-lo.

Tudo isto porquê?
Já é a terceira vez que vou corrigir o meu erro do meu comentário. Os dois estão errados em relação ao número de períodos da quadra do Dr. Agostinho.
A quadra é formada por dois períodos e não por um só.

Será que é desta que vos vou deixar???

Beijinhos.
*Não façam como eu...Arrefeçam e só
depois tomem as atitudes.

Canduxa disse...

Elisa,

linda poesia sobre o mês de Maio.
Parabéns ao seu autor.

beijinhos

Milai disse...

Boa noite,Elisa!
É o que eu digo...só o teu Pai para conseguir conjugar em poesia duas datas marcantes deste mês.
Beijinhos

Mona Lisa " Animada"

ShareThis