quarta-feira, junho 23, 2010

Excertos de livros que gostei



(…) Sou extremista em individualismo, em determinação, em teimosia e em solidão. Em egoísmo, em ambição, em amor-próprio. Desafio-me com facilidade para lutas cegas, exijo sempre metas distantes, invejo todo o saber, autorizo-me a qualquer tipo de iniciação. Tudo me urge.


(…)Se eu própria me bastasse, fugiria para sempre. Do teu corpo, das mãos quentes.


Mas sou frágil como um grão de neve. Derreto-me com leves sussurros e a ternura estonteia-me. Sofro de constante abstinência de amor."

 
Pedro Paixão in A Noiva Judia

12 comentários:

Maria Luisa Adães disse...

Lindo o que escolheste para nos falar de um livro, em que o escritor
se deslumbra com os sussuros do amor
e ao mesmo tempo, na contradição de si próprio, vive uma constante
falta de amor.

Muito bem, gostei e gostei de saber que a ausência se deve a uma bela viagem.

Com ternura agradeço sua presença no meu "7degraus".

Maria Luísa

Paula Raposo disse...

Com estes excertos vieste de encontro ao que eu penso. Não livro este livro. Obrigada pela partilha, Lisa.
Beijos

lis disse...

MElisa
Pedro Paixão, leio sempre por aqui no google , tenho que achar um livro dele , anotei pra procurar.
Nem sempre encontro livros de escritores portugueses nas livrarias daqui , quem sabe na internet tenho sorte de encontrar!
Muito boa essa leitura.
Obrigada pela partilha , adorei as frases escolhidas.
abraços

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
que bom...estás de volta.
e então correu tudo bem?!
gostei destas frases.
quero também agradecer a tua visita.
fica bem,jinhos***

Agulheta disse...

Elisa.Bela forma para dar a conhecer quem escreve assim,obrigada pela partilha.
Beijinho

Mena disse...

Olá!
Então e o passeio?
Conta-nos como foi, vá lá!
Bj
Mena

JPD disse...

Li quase tudo o que havia para ler do Pedro Paixão.

Acho a escrita dele fantástica.

Esteve em Xangai e acaba de editar um livro sonbre a China.

Bjs

Anónimo disse...

Que frases!!!
Que sentimentos!!!
Que nostalgia!!!

Qual o ser humano que nunca passou por estes estados de alma?

Sim, o Amor é a chave da felicidade.

«Só no Amor
somos humanos»

«Só no Amor
o homem é homem»

Só no Amor
a mulher é mulher»


Beijinhos.

Milai disse...

Olá Elisa!
Também gostei muito das frases que escolheste!
Beijinhos

Pérola disse...

Nossa amada,tá tudo novo por aqui!!!Ficou lindo.
Obrigado pela dica do livro,fiquei interessada,eu creio no seu bom gosto.
Beijokas.

Carmo disse...

Olá Elisa, não li ainda este livro mas as frases que escolheu abriram-me o apetite.
Beijinhos
Bom fim-de-semana

Isadora disse...

Não conheço o autor mas gostei muitos dos trechos aqui publicados. Fica uma boa indicação.
Um beijo

Mona Lisa " Animada"

ShareThis