sábado, janeiro 01, 2011

Momento de Poesia com Agostinho Fardilha




Já temos entre nós o Rei do Mundo
a quem confiamos o nosso ser;
nos vai livrar de Satanás imundo;
e (E) pifania do Senhor viver
ignifica-nos. Com isto o profundo
rugirá por tantas almas perder;
oh! à Terra a Paz vieste trazer.

Vocabulário
profundo= inferno
ignificar=abrasar
Agostinho Alves Fardilha ( o meu pai)
Coimbra

13 comentários:

mfc disse...

Mais um acróstico erudito, que aqui e ali me fez lembrar o gongorismo.
Bom ano.

Anabela Jardim disse...

Belo acóstico! Feliz 2011 a você e ao autor!

Anónimo disse...

Ano Novo! Vida Nova!
Todos nos encontramos no mesmo "sistema",
no mesmo barco- Ano de 2011.
Encontramos também neste Blog, um Acróstico, do nosso amigo Agostinho Fardilha.
É uma prova de amizade,a que já nos habituou.
O ano 2010 passou.Mas o seu espírito continua activo .Transmite-nos uma Fé inabalável.

A disposição das cartas...em círculo! faz pensar de imediato.!!!
Ou seja, o poeta tem o intuito de interpelar.
Utilizando as formas verbais(ter; confiar;vir...),no tempo presente consegue fazer-nos sentir a verdade inquestionável.
Iniciando o primeiro verso com o advérbio de tempo "Já" acentua e realça a mesma verdade.

«Já temos entre nós o Rei do Mundo»

Se já temos o Rei do Mundo,o que nos fará temer?
A palavra"Já" tem uma intensidade e uma certeza absoluta.
Esperamos o quê? Se "Já" temos o Rei?
O ano é composto por doze meses .
O tempo passará.O tempo rodará e girará à volta de muitos e muitos problemas.
O tempo, o ano 2011,está no centro!
Quer isto dizer que o tempo não parará.

Temos de travar muitas lutas, mas temos o nosso Deus

«a quem confiamos o nosso ser;»

Com O Rei a governar não seremos atacados ,pois Ele

«nos vai livrar de Satanás "imundo";»

Os adjectivos "imundo" e "profundo" arrepiam-nos e alertam-nos da maldade do demónio.
É exaltado o modo de viver com o Senhor
Não nos faltarão as forças.

«e(E)pifania do Senhor viver
ignifica-nos.»

"Nada temais"."Eu vim para vos salvar"
"Nada nem ninguém vos derrubará"
(palavras de Jesus).

É fantástico o uso do verbo (rugir) no futuro. É "brutal" a forma com que o poeta expressa a "derrota de Satanás"

«"rugirá" por tantas almas perder;»

O último verso liga-se inteiramente ao primeiro , duma forma pacífica e brilhante.

«Oh!(belíssima esta interjeição)
«Oh! à Terra a Paz vieste trazer.»

Assim como os planetas giram à volta da Terra , também nós giramos(devíamos) à volta de Cristo.

O acróstico termina no que todo o mundo anseia:A PAZ.

Bem haja pela apresentação deste mês, ,
realçando o que de mais belo temos na vida:
O Rei do Mundo que é sinónimo de PAZ.
Obrigada .PARABÉNS!
Um ANO NOVO de muita PAZ para si e toda a família.

Elisa,parabéns também para ti e votos de um 2011 com mil venturas.
Beijinhos.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Já temos um novo rei...já temos um novo ano: É preciso que tenhamos uma nova vontade, um novo interior para que os nossos dias sejam na realidade novos. Assim disse muito sábiamente Carlos Drummond de Andrade. Antes de te trancrever aqui o poema desse poeta de quem também gostas, quero dar-te os parabéns por este maravilhoso acróstico do teu Pai. Diz muito também! Beijinhos, Elisa e até breve. Espero que gostes e que tenhas um ano verdadeiramente novo
Emília

RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.
Carlos Drummond de Andrade

Nilson Barcelli disse...

Começaste o ano com mais um belíssimo poema do teu pai.
Beijos, querida amiga.

Pérola disse...

Como passou de Ano novo minha linda?
Vim te deixar um beijo grannnnnnnnnnnnnnnnnde.
Saudades millllllllllll.
Beijos millllllllllllll.

artes_romao disse...

boa noite,td bem?
Bom Ano;)
gostei imenso destes posts...
fica bem,jinhos***

Carmo disse...

Belo Acróstico!

Feliz 2011

Um beijo

herminia Lopes e Emilia Pinto disse...

Oi Mona Lisa!
Vim ao seu blog, (isto é da competencia da minha amiga Emilia,) somente para lhe dizer que gostei muito deste JANEIRO ,tão profundo, parabéns ao seu pai e parabéns também si.
Tudo de bom lhe desejo!
Agora vai-me desculpar...não vou ficar atràs da Emilia, lei e diga se gosta:

Felicidade...
- Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro
número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente... Para você,


Desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
Para você,

Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder… sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.
Para você neste novo ano,


Desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas... Mas nada seria suficiente...
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.


Desejos grandes... e que eles possam te mover a cada minuto, ao
rumo da sua FELICIDADE!!!"
(Carlos Drummond de Andrade)
Ate´breve, contamos consigo, quem sabe se este ano ,vamos tomar um cafezinho juntas!
Herminia

APO (Bem-Trapilho) disse...

espero ainda chegar a tempo de te desejar tudo de bom neste ano que agora se inicia.
Tem cuidado com o que desejas ,pois espero que todos os teus melhores desejos se realizem.
bjinho grande

Pérola disse...

Beijos minha linda.

Anónimo disse...

ERRO!
Me perdoem.Talvez a época festiva tenha contribuído para um erro "imperdoável", quando escrevi,no comentário que

«Os planetas giram à volta da Terra»????
Então para que não haja dúvidas!!! eu emendo:

«Os planetas giram à volta do Sol»
E com esta me despeço com muita alegria pelo SOL ser a estrela mais próxima da Terra.
Um abraço e continuação de muita paz.

Lilá(s) disse...

Mais uma vez o autor está de parabéns! e pela imagem há promessa de poesia para os próximos 12 meses...
Beijinhos aos dois

Mona Lisa " Animada"

ShareThis