terça-feira, março 01, 2011

Momento de Poesia com Agostinho Fardilha





Mais uma festa: São José, o Pai
adoptivo da Nova Humanidade;
riu-se,quando ouviu o primeiro “ai”
ç(s)aído da boquinha da Trindade,
o mistério que a todos atrai


Vocabulário

atrair= encantar


Agostinho Alves Fardilha ( o meu pai)
Coimbra

12 comentários:

Anónimo disse...

Belo acróstico, abordando a vertente religiosa do mês.

Abraço.

António Faria disse...

Mais um acróstico bem estruturado.

Abraço.

mfc disse...

Mas porque é que se arranjou um pai adoptivo(!!) para o dia do pai??
Não haveria nenhum a sério?!

Lis disse...

O pai de Jesus seria essa a razao ?
interessante que poesias não se explicam nao é?
e o acróstico está perfeito - com mistério ! rs
abraços abraços Sr.Agostinho

Lilá(s) disse...

E mais uma pequena maravilha!
Bjs

Mariz disse...

Uma maravilha entre as maravilhas.


mil beijos!

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Quando cliquei no teu nome, pensei: hoje é dia de acróstico! E aqui está ele. Sempre bem feito e ensinando algo; claro, desta vez não seria de se esperar outra coisa que a alusão ao dia do Pai do Pai, ao dia de S. José; já agora, também é o mês do meu netinho que faz 4 anos dia 10 e mês da minha mãe que faz 81 no dia 16. Parabéns já agora a todos, inclusive ao S. José. Beijinhos e parabéns ao seu pai pela maravilhosa poesia que faz.
Emília

Anabela Jardim disse...

Muito lindo esse acróstico! Aqui, todos anos temos a festa São José, com novena, processão, barraquinhas , fogos e muuuuiiita chuva! A chuva desse dia é denominada enchente de São José ou enchente das goiabas, pois coincide com colheita das goiabas.

Anónimo disse...

"Nada é acaso".
Recordo este título que li algures.
Sim.
É DEUS QUE ESTÁ À FRENTE DE TUDO!!!

O coração do nosso poeta Agostinho Fardilha,é tocado por Deus.
Só uma pessoa simples e sensível consegue transmitir a VERDADE com tanta singeleza!
Que lindo é o seu Acróstico!
A poesia é sempre um pôr do sol nas nossas vidas.
Estarmos vivos já é uma dádiva de Deus.Ele nos quer tanto, que nos dá para este mês de Março

«Mais uma festa:São José,...»

O que Deus fez é perfeito.Tão perfeito que através deste

«... Pai
adoptivo da Nova Humanidade;»

Nasceu um Menino nosso Salvador.

São José foi o esposo legítimo de Maria.Era um homem simples.
O poeta pretende transmitir esta qualidade suprema, com uma descrição do comportamento deste Patriarca tão peculiar!

«riu-se, quando ouviu o primeiro "ai"»

É duma candura este verso que encanta o leitor!
Mas quem se lembraria de escrever que este Patriarca "se riu"???
É a simplicidade fundida com a fé !
A fé move montanhas.
A fé faz maravilhas.
A fé ilumina o homem.

O poeta revela-se brilhantemente, com este verso tradutor de toda a abertura de um homem que Amou a humanidade.

Mas a missão do poeta continua patente.
No quarto verso retrata-nos tão docemente o Mistério da Vida

««ç(s)aído da boquinha da Trindade,»

O diminutivo "boquinha" enche-nos de ternura e amor.
Que bonita é esta descrição:
Toca o nosso coração!
Parece que vemos sem ver uma criança diante de nós.

Aqui está o Mistério da Santíssima Trindade!
"Ver e sentir a Verdade sem ter visto"
"Bem-aventurados aqueles que acreditam sem terem visto"(Jo.20,29).

«o mistério que a todos atrai»

Como se consegue transmitir tanta maravilha , apenas com cinco versos?!!!

Não nos esqueçamos deste Homem-São José, que atende a todos aqueles que o invocam.
Santa Teresa de Jesus-Doutora da Igreja, escreveu no seu Livro da Vida:
"Tomei por advogado e senhor ao glorioso São José e encomendei-me a ele.
É coisa de espantar as grandes mercês que Deus me tem feito por meio deste bem-aventurado Santo e dos perigos de que me tem livrado tanto do corpo como na alma".

Parabéns ao poeta!
Parabéns à filha Elisa!

Amigo,Agostinho Fardilha, resta-me agradecer-lhe, por todo o seu empenho que nos delicia.

Carla disse...

Que inteligente o acróstico, Elisa !!
parabéns pra seu pai .

beijos pra você e obrigada pelo carinho de sempre.

Néia disse...

Adoro acróstico, embora tenha pouca habilidade para fazer.Esse blog esbanja cultura.
beijos Néia

Milai disse...

Como sempre o teu Pai, não falha!
Parabéns para ele e também um beijinho por todos os poemas que tenho lido.
Bj
Milai

Mona Lisa " Animada"

ShareThis