sexta-feira, novembro 25, 2011

Saudade


Foto minha

 é o amor que fica e que cresce.

11 comentários:

Anónimo disse...

Saudade é mágoa.

Abraço.

AA.

Isabel disse...

A eterna saudade!

Beijos.

BlueShell disse...

...só queria poder te abraçar agora.

Bshell

Milai, disse...

Olá Elisa!
Acho que não tenho saudade de nada...
Não sei se é bom ou mau...
Quando é que vens até cá?
Bj
Milai

FG Arts disse...

Seu blogue continua com muito sentimento.
Beijos
Filomena Guedes

@ Escritora disse...

A saudade chega a doer o peito, mas é bom ter saudade de coisas boas, da infância, de todos os familiares reunidos no natal, de tanta gente que se foi....

Adorei o post!

Saudações

Agulheta disse...

A saudade Elisa por esta altura sempre me visitam,e por vezes doí e tento não demonstrar.Ela fica num baú das nossas recordações.
Beijinho bfs

Nilson Barcelli disse...

O amor, enquanto fica, vai crescendo sempre...
Querida amiga Lisa, tem um bom fim de semana.
Beijos.

mfc disse...

Não vivemos sem as nossas memórias!
Somos essencialmente memória.
Uma boa foto, com um bom enquadramento.

Teresinha disse...

Olá Elisa
Obrigada pela visita e pelo carinhoso e poético comentário.
Quem sai aos seus...

Pois é!... Saudade é muito difícil de descrever e fácil de sentir.
Sinto saudade de tudo o que de agradável vivi!
Por vezes até penso que sinto saudade do que ainda está por viver!
Um beijo, querida amiga.
Teresinha

Pérola disse...

Olha o que eu vim descobrir.
O amor que fica e cresce é contrário à saudade, não?

Que nostalgia minha querida.
Que posso fazer para te alegrar?

O mar fica-te bem.
Está sempre presente.
Gosto tanto das tuas marés e da sua comparação com a vida.
Tens-me dado que pensar, sabias?

Este último ano tem-me transformado.

Obrigado por fazeres parte da minha vida.

beijinho

Mona Lisa " Animada"

ShareThis