quarta-feira, novembro 16, 2011

Um olhar


Foto minha


Vetusto castelo roqueiro,
do inimigo foste o medo,
das populações o celeiro.
Tuas pedras guardam segredo
de tristezas e muita alegria,
de lutas e atenta vigia.

Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

14 comentários:

Isabel disse...

Mais uma parceria soberba.

Parabéns aos dois, pai e filha.

Beijos.

Néia disse...

Boa noite querida...
Viajo nas suas fotos e principalmente nos poemas. É tudo muito lindo.Ainda tenho como meta me aposentar e conhecer alguns lugares do mundo. É um sonho, mas sempre sonho e acredito no poder de realizar. Vendo suas fotos, tenho certeza que ainda vou passar por lugares tão lindos como este da foto de hoje.
beijos de boa noite

Anónimo disse...

Soberbo poema para um belíssimo castelo.

Abraço.

AA.

BlueShell disse...

Um duo...que resulta num trabalho admirável. Meus parabéns.
Bj

Fátima disse...

Belo conjunto.

Foto e poema.

Parabéns à dupla.

Beijos.

mfc disse...

Gostei deste castelo... povoou a minha infância!

Mas vou fazer um reparo ao Teu Pai apesar de lhe admirar a poesia.
Poeticamente o castelo pode ser "o medo do inimigo"... mas ele só pode ser defensivo, dado o seu estaticismo!

Um abraço.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Muitos castelos temos em Portugal e de todos podemos contar a mesma história; serviram de defesa...de celeiro e nesse celeiro muitas dores, alegrias e tristezas foram guardadas. Hoje muitos deles ainda guardam muita animação e até comércio; outros porém só guardam a história do nosso povo. Linda a foto e e maravilhosa a quadra. Parabéns; lisa. Um beijinho e fica bem!
Emília

rosa-branca disse...

Linda foto, belo poema. Parabéns aos dois. Beijos com carinho

Bergilde disse...

Mona Lisa,
Impressiona-me muito a resistência dessas fortalezas ao longo dos tempos.E,se o permitir mais uma vez irei usar das poesias by 'Fardilha'para postar nos meus registros.
Abraço carinhoso,bom fim de semana!

Agulheta disse...

Olá Elisa! Os castelos sempre nos apresentaram como um símbolo de resistência a quem se aproximasse,mas também se pode conjugar poesia como aqui.
Beijinho bfs

Lídia Borges disse...

Perfeito diálogo imagem/poema que corroboram na divulgação dos recantos e encantos do nosso património histórico e cultural.

Um beijo

Irene Alves disse...

Aproveite bem essa possibilidade
de trabalho em conjunto com o seu
pai.Isso não tem preço.
Um beijinho/Irene

Lilá(s) disse...

Parabéns ao pai e á filha, dupla perfeita!
Bjs

Andre Martin disse...

Gostei!
Tanto da foto,
quanto dos versos!

Mona Lisa " Animada"

ShareThis