quarta-feira, agosto 01, 2012

Momento de poesia com Agostinho Fardilha



(Rei nascido neste mês)

A Afonso tudo na vida correu mal,
gerando, no reino, tristeza e desnorte;
o seu desequilíbrio natural
subtraiu-lhe a coroa mais a consorte:
tomou-a, por esposa, o irmão e rival;
o infeliz, no cativeiro, teve a morte.

Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra
Imagem:internet

12 comentários:

✿ chica disse...

Lindo acróstico para AGOSTO que inicia e desejo seja lindo e feliz!!beijos,chica, de volta!!

Anónimo disse...

Pequeno retalho, histórico da vida de D.Afonso, num perfeito acróstico.

Abraço.

AA.

xinoca disse...

Mais uma vez obrigada Lisinha por nos presenteares com mais um lindo acróstico do nosso PAI. Bj

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Olá Mona Lisa

O seu pai, como tanta outra pessoa, pode debitar uns versos, fazer umas poesias... mas quando se vão lendo coisas mais "sérias" no sentido de não serem meros versos e muito menos meras poesias, então o seu pai deixa de ser como qualquer pessoa que debita uns versos... Parabéne, pois, a ele, porque isto está muito bom...

Beijinho amigo

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Sorte que tive , num computador de café ,na praia ,onde estou deliciada a ver o mar, embora cinzento ,mas não zangado,consegui entrar no seu blog.
Mais um acróstico de seu pai, a que nos habituou.
Parabéns .
Até breve
Herminia

Pérola disse...

Espero que não seja sina dos Afonsos. Adoro o nome e há um que me é muito especial.

É impressionante como ficamos a conhecer alguma história numa quadra.
Parabéns ao paizinho.

Beijinho aos dois.

lis disse...

O mês de agosto chamam-lhe de o mês do desgosto rs penso que só para rimar... espero.
De verdade é um mês que nunca me disse nada e agora por ter perdido um amigo virtual ( aí de Portugal) exatamente nesse comecinho de mês , sinto que menos me encho de alegria quando ele começa...
o poema do Sr Agostinho trás alguma melancolia em pensar que desde tempos áureos o desiquilíbrio já campeava...
Parabéns ao seu pai Mlisa.
um abraço aos dois grandes amigos distantes,na geografia dos meses.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Mais um belo momento do seu pai, sobre um mês que para mim tem um significado meio estranho e um gosto agridoce.
Beijo

Maria Emilia Moreira disse...

Um belo momento "afonsinho".
Parabéns pela inspiração, pois fala de assuntos sérios como quem brinca.
Os meus cumprimentos ao pai e à filha.
M.Emília

Anónimo disse...

howdy fardilhas.blogspot.com admin discovered your blog via Google but it was hard to find and I see you could have more visitors because there are not so many comments yet. I have discovered site which offer to dramatically increase traffic to your blog http://bestwebtrafficservice.com they claim they managed to get close to 1000 visitors/day using their services you could also get lot more targeted traffic from search engines as you have now. I used their services and got significantly more visitors to my blog. Hope this helps :) They offer best services to increase website traffic Take care. Mike

Existe um Oljar disse...

Belo momento poético do teu pai Elisa, como já nos tem vindo a habituar.

mfc disse...

E com a benção da Igreja se desfez um casamento abençoado... por Deus!
E foi assim que tivemos um D. Pedro II casadinho com a cunhadinha!

A estrada da vida como uma passadeira... lindo!

Mona Lisa " Animada"

ShareThis