sábado, novembro 24, 2012

Pelos caminhos de Portugal...

Englobado na zona do Chiado, encontra-se o Largo do Carmo, com seus jacarandás. Neste largo, residem as ruínas do Convento do Carmo, construído no séc. XIV, onde se encontra, actualmente, o Museu Arqueológico do Carmo.

Em frente ao convento, encontra-se o Chafariz  pombalino do Carmo, construído em 1711, abastecido pelo Aqueduto das Águas Livres.

Paredes meias com o convento, encontra-se o Quartel do Carmo, pertencente à Guarda Nacional Republicana que teve um papel muito importante aquando do 25 de Abril de 1974, por ter sido escolhido por Marcelo Caetano para se refugiar da revolução.

Para perpetuar este momento, encontra-se no chão do largo uma inscrição dedicada a Salgueiro 
Maia.














Alguns pormenores do Chafariz do Carmo





Fotos minhas

27 comentários:

O meu pensamento viaja disse...

Amiga, as fotos, belíssimas.
Não consigo recordar o nome dessa magnifica arvore. Será jacarandá?
Beijo e bom domingo.

Podes vir lanchar,sim!

Lilá(s) disse...

Que maravilha! lá para Junho já sei onde ir fotografar os jacarandás....
Bjs

Ovelha Flor Guerreira disse...

Lindas, fantásticas estas fotos! Um local bem bonito, dos muitos que Lisboa tem!

lis disse...

Maravilha de fotos Mlisa
Lisboa cada vez mais me encanta, só falta ve-la de perto.
Os jacarandás lilases é festa para os olhos e a praça resplandece.
Bons e lindos clicks,
obrigada por compartilhar
bom domingo com meu abraço

Anabela Jardim disse...

As construções ligadas aos Carmelitas são comuns aqui no Brasil. Em Minas Gerais, na maioria das cidades comemora-se festivamente o dia de N S do Carmo e as igrejas dessa irmandade são lindíssimas.

✿ chica disse...

Sensacionais essas fotos e lugares.

Adorei a mistura das flores. Lindo demais!!!

beijos,ótimo domingo!chica

Existe um Olhar disse...

Lisboa tem encantos mil e tu sabes captar com uma beleza notável muito do que há de melhor na nossa capital. As fotos estão excelentes

Mari-Pi-R disse...

Un rincón de paseo muy bonito con estos magníficos árboles y no digamos con la fuente del Carmelo.
Un feliz domingo

Agulheta disse...

Amiga Elisa.Pessoalmente adoro jacarandás,e Lisboa tem coisas muito lindas.Este sitio é realmente emblemático e de grande significado.
Beijinho e boa semana

São disse...

Belíssimas, belissimas!!

Parabéns e o meu grato beijo por estes momentos magníficos.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Muito bonitas as fotos, Lisa. Sabes, no Brasil, em Guarantinguetá ( significa reunião de garças brancas na língua indígena) eu vivia num bairro cujas ruas tinham nomes de árvores; a minha chamava-se rua dos Manacás e havia, claro, a das azaaeias, ( aqui dizemas azáleas) dos jacarnadás, etc, etc. Sempre achei muito interessante, pois essa bairro de facto era muito arborizado e só tinha habitações; comércio não tinha, o que para nós era um aborrecimento, claro. Obrigada pela partilha destes conhecimentos sobre a nossa linda Lisboa. Boa noite, amiga e espero que tenhas uma boa semana. Beijinhos
Emília

Maria Emilia Moreira disse...

Boa noite Elisa.
Essa zona de Lisboa fica linda quando os jacarandás estão floridos. Estas fotos estão sensacionais!
Beijos da M. Emília

Graça Pereira disse...

Os jacarandás são um espectáculo maravilhoso. Dão cor e luz à cidade. Gostei de ver o chafariz que me fez rir porque, os nossos amigos que vinham de férias de Moçambique à então Metrópole, todos tiraram fotos familiares aqui...parecia ama combinação!
As fotos estão um portento, minha querida. Parabéns.
Beijo e uma semana feliz.
Graça

Tanita disse...

É um dos sitios que mais gosto de ir, depois seguir até ao elevador... no verão na convento fizeram uma exposição fantástica.
Boa semana**

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

fizeste-me sentir saudades de fins de tarde primaveris, quando por vezes por lá paro e me sento numa esplanada a ler um livro.
Beijos e boa semana

Pérola disse...

Um lugar emblemático, histórico soberbamente ilustrado.
Não faltam os pormenores.
Fotógrafa poderia ser a tua profissão. Tens olho clinico.

Bela reportagem, sem duvida.
É um deslumbre passear-me contigo.

Aprendo e a tua companhia é tão reconfortante.

beijinho grande

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um sítio de Lisboa com muita história e que eu conheço bem. Excelentes
fotos como é habitual.
Beijinhos
E lembremo-nos do Salgueiro Maia,
mas ainda bem que ele não pode
ver o que fizeram ao 25 de Abril.
Irene Alves

O meu pensamento viaja disse...

Boa semana, amiga!
Beijo da Nina

MINHA VIDA DE CAMPO disse...

Estou apaixonada por seu país, Portugal é uma cidade dos sonhos e essa arvore que flores linda, ela dá um encanto romântico ao lugar. Adorei tudo, minha filha sempre fala que vai morar ai, dou razão a ela. Estou conhecendo esse lindo país sobre seu olhar.Maravilhoso.
Bjos e tenha uma semana maravilhosa.

Bergilde disse...

Cores estupendas enriquecendo ainda mais este cenário arquitetônico.Viajo contigo nessas imagens.
Abraços,

salete disse...

Olá amiga adorei seu blog e já estou te seguindo,venha conhecer meu blog e seje minha seguidora.Bjus!

Vera, a Loira disse...

Consegues sempre captar a alma dos sítios por onde passas.

Carla Brito disse...

Um belo sítio para se passear!
Acho que nunca lá fui! E estou há tantos anos em Lisboa!
Vergonha, eu sei!

Deia Klier disse...

Que lugar mais lindo! E esses jacarandás então?
Magníficos!

Custódia C.C. disse...

Adoro o largo do Carmo. Simplesmente. Sento-me muitas vezes num daqueles bancos :)

Adelaide Mesquita disse...

Belas fotos! As arvores estavam lindas.
Beijo
Milai

Jorge Costa Reis disse...

Que bela reportagem!!!!

Mona Lisa " Animada"

ShareThis