sábado, dezembro 01, 2012

Momento de poesia com Agostinho Fardilha


(Rei e Rainha nascidos neste mês)




Deram-te o cognome de o “Conquistador”
e bem o mereceste; és o fundador
zelante e sempre activo de Portugal:
em nossos corações serás imortal!
m (M) aria I era muito devota,
bom augúrio havia, mas logo se nota
ruim doença mental; Pedro auxilia:
obras e muitas Academias ela cria.

Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

Imagem : internet


20 comentários:

Anónimo disse...

Mais um "retalho" da nossa história num belo acróstico.

Abraço.

AA.

BlueShell disse...

Excelente poder de síntese!
Um génio. Obrigada pela partilha. Bj

✿ chica disse...

Muito lindo e já esperava para iniciar o mês! beijos,lindo DEZEMBRO e fim de semana! chica

Magia da Inês disse...

♫♫° ·.

Muito lindo! Dezembro é o meu mês favorito. Adoro o Natal!



Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
✿ ¸.•°✿⊱╮

Nilson Barcelli disse...

Mais um magnífico poema do Poeta Agostinho, numa interessante referência da nossa História.
Lisa, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Lídia Borges disse...


Muito interessante esta homenagem a figuras relevantes da nossa História, nascidas em dezembro.

Em tão poucas palavras, pode dizer-se tanto. Não é para todos, não senhor.

Um beijo

sérgio figueiredo disse...

História e Poesia, dois monumentos que se lêem com o rigor destas palavras... maravilhosas, sábias.

bj...nho

Manu disse...

Um Dezembro histórico onde mais uma vez o dom poético de seu pai ficou aqui bem realçado e que eu tanto admiro.

Beijos Elisa

O meu pensamento viaja disse...

Notável! Bravo ao poeta, profundo conhecedor da nossa história!

Custódia C.C. disse...

Sempre foi o meus mês preferido. É um mês de festa na minha família. Começa comigo no dia primeiro e vai por aí fora com um rol de aniversários, era o meu pai, é o meu filho, a minha irmã, a minha sobrinha, uma prima e uns quantos amigos. Pelo meio temos a magia do Natal e a alegria do fim de ano. Acresce ainda o solstício de Inverno. Tudo isto junto e é para mim um mês de encantar :)

Anónimo disse...

Portugueses que somos e com muito orgulho,recordamos D. Afonso Henriques que com toda a justiça e mérito mereceu o cognome de Conquistador.
Se houvesse mais patriotismo, mais energia activa o nosso Portugal de certeza que estaria em "melhores lençóis".
Mas deixemos de lamúrias e recordemos aqueles que merecem e merecerão sempre a nossa gratidão com uma homenagem séria e digna .
Agostinho Fardilha também um "guerreiro das palavras"não se abandona ao comodismo.Preocupa-se sim em nos recordar momentos felizes da nossa história.
Temos bem presente que a nossa comunicação social se debruça muito na exploração humana de sentimentos dramáticos e não demonstra uma firme atitude de revelar o quanto bem há por este país fora.Há tanta atitudes altruístas e que passam ao lado...
Eu sei que é verdade que
«É mais fácil fazer chorar do que rir»
mas não se exagere com os programas que apontam o microfone para a "vítima" até conseguir mostrar a todo o mundo tanta lágrima vertida!!!
Não.Não caiamos no exagero.O que todo o ser humano precisa é de Paz. As tristezas (infelizmente, verdadeiras) só nos conduzem para a corrente do abismo.
Recordemos , então atos de louvor, atos humanitários como nos fala o nosso poeta.
Tivemos uma Rainha-Maria I que

«Obras e muitas Academias ela cria»

Nunca esqueçamos que o que fica não é o que tínhamos ,mas o que fizemos pelos outros.
Deixaremos ou teremos nós intenção gravada no nosso coração que o que vale não são os sermões ,mas as obras com HUMANIDADE.
O meu obrigada sincero pela paragem que fiz com todo o prazer, recordando verdadeiras e lindas histórias.

Parabéns, também à filha Elisa.

Lilá(s) disse...

Grande poeta este!
Beijinhos ao pai e filha

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

O último mês reverenciado.Lindo!
Bonito também, compartilhar versos de seu pai. Vi outras páginas, para "sentir" o teor das postagens.
Gostei, hei de voltar!
Um abraço,
da Lúcia

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Belo acróstico, como sempre, recheado de história. Não gosto especialmente deste mês por causa do frio, embora eu, meu marido e filhos tenhamos nascido neste Mês. Mas..enfim...é o que temos. Os meus filhos por acaso nasceram cheios de calor, pois são brasileiros, mas eu e o meu marido, coitados...devemos ter passado um frio!!!! Beijinhos, Lisa e parabéns ao teu Pai. Fica
bem, amiga!
Emília

✿ chica disse...

Li agorinha lá e que essa corrente se espalhe pelo mundo! beijos,acabamos de acender a primeira velinha!!chica

O meu pensamento viaja disse...

Boa semana, amiga.
Beijo

lis disse...

Sr Agostinho sempre de Parabéns pelo acróstico que abre o nosso mês ,
Obrigada e que estejamos juntos nos próximos 12 meses ok?
abraços aos dois

MINHA VIDA DE CAMPO disse...

Olá guria como estás? Que riqueza essa poesia, Seu Agostinho tem um estilo todo especial de escrever, que venha dezembro nos trazer muita alegria neste final de ano.
Um bjão a todos.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Imperdíveis estes poemas do teu pai.
Pena que Dezembro fique a partir do próximo ano marcado pela traição praticada por quem aboliu o feriado de 1 de Dezembro
Beijos

Pérola disse...

Nem sei porque ainda fico surpreendida. Tão belo poema com informação preciosa.
O meu filho com nome de rei (Afonso) fará aninhos para a semana. Não ficará na História, mas estou feliz pelo seu nascimento. É um menino especial.

Beijinho ao paizinho e à filhota especial.

Mona Lisa " Animada"

ShareThis