sábado, janeiro 17, 2015

Pelos caminhos de Portugal...

Obra do artista Mark Russel, em santo Tirso.

O artista caminha entre extremos antitéticos como o mole e o duro, como é o caso desta “rocha que dorme”. Apenas lhe basta insinuar umas leves fendas na pedra granítica, que arremedam pálpebras descaídas e umas esquemáticas narinas, para transformar a pedra dura num ser flácido que necessita protecção no seu indolente sono. No entanto, a característica mais importante desta obra é o forte conteúdo irónico do macaco que vigia o sono desde a sua guarita.

É o macaco sentinela, o protagonista da obra, não dando ouvidos ao barulho mundano que decorre na praça, não ouvindo as vãs lamentações das misérias quotidianas, propondo-nos uma nota de humor irónico para ultrapassar os agravos diários, olhando a vida desde a sua atalaia da arte e, fechando o ciclo, se torna e nos faz artistas, a todos nós que a contemplamos.

Fonte: (site da câmara municipal de Santo Tirso)









28 comentários:

papoila disse...

Acabo de passar no CR, venho deixar um abraço e desejar que as melhoras sejam muito rápidas.
xx

✿ chica disse...

Que beleza isso!Adorei ver! Como estão as coisas? Tudo bem? bjs praianos,chica

Catarina disse...

Gostei de ver. Nao conheco Santo Tirso.

Cidália Ferreira disse...

Que fotos e texto maravilhoso! parabéns, amei

Bom Domingo
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Magia da Inês disse...

⋰˚هჱܓ
Sem dúvida, muito criativo!

Ótima semana!
Muita paz e muita luz!
Beijinhos do Brasil.
⋰˚هჱ✿⊱·.

Crocheteando...momentos! disse...

Não conhecia mas gostei de ver a escultura!
bj amigo

Nilson Barcelli disse...

Muito interessante, não conhecia essa obra.
Bom domingo e boa semana, querida amiga Lisa.
Beijo.

São disse...

Gostei das fotos, mas vim por que sei que o teu neto está na Estefânia e venho deixar-te o meu apoio total neste momento doloroso.

Que recupere depressa e bem.

Beijinhos para ele e para ti, amiga!

São disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Helena Resende disse...

Não conhecia, mas é original :) Bom Domingo! :)

http://checkinonline.blogspot.pt

O meu pensamento viaja disse...

Realmente, muito original!
Há que tempos não vou a Santo Tirso!
Beijo

mmm´s disse...

Muito obrigada pela partilha cultural...gostei tanto da pedra que dorme!

Bergilde disse...

Deslumbrante e ainda se aprende vendo estas belezas da arte com seu significado particular explicado pelo criador da obra.Bom começo de semana pra ti!

Ana Freire disse...

Gosto do jardim... e gosto do macaco...
Aliás, confesso que até preferia ver três macacos: não ver, não ouvir, e não falar...
E confesso que preferia que o autor, tivesse a sua escultura, lá no seu jardim... a dormir no meio das túlipas, na Holanda...
Há obras que sinceramente não consigo apreciar...
De qualquer forma, das imagens, não haverá reparo algum a fazer, pois dão-nos a apreciar uma obra, que se destaca, neste local... pela sua enormidade... e não tanto pela beleza, em si, facto a que quem fotografa é absolutamente alheio... pois deve ser uma escultura, que dificilmente passará despercebida.
Pergunto-me... não haveria um escultor português, que conseguisse fazer algo mais bonito visualmente, aí da zona mesmo, do que uma pedra a dormir?...
Às vezes penso que este país, anda mesmo a dormir...
Não pude reparar num comentário acima da ocorrência de uma situação, com o seu neto, pelo que desejo desde já uma rápida recuperação, e que tudo corra pelo melhor, Elisa, esperando que não seja nada de preocupante.
Beijinhos. Rápidas melhoras!
Ana

Zulmira Romariz disse...

Muito interessante esse tipo de arte,
gostei muito da pedra que de rígida
passou a molenga, beijos amiga, boa semana

cottidianus disse...

não conhecia este monumento. gostei de conhece-lo... bem retratado!

Isa Sá disse...

Belas imagens!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Pérola disse...

Seduziu-me esta arte.

Prende o olhar, impressionante.

Beijinhos

Boa semana!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Mais um post que é uma obra de arte!
Em jeito de acrescento ao que escrevi no On the rocks desejo, do fundo do coração, que as nuvens negras que te ensobram se dissipem rapidamente.
Beijinho e abraço muito, muito, apertado.

Lilá(s) disse...

Não conheço mas, parece-me bem interessante!
Bjs

Liliane de Paula disse...

É um macaco dentro da cx?
Interessante, Mona Lisa.

Manu disse...

Achei super original a pedra que parece com vida, estranho ser uma holandesa a autora.
A minha preferida é a primeira porque me deu uma ideia mais ampla do local onde está inserida.

As melhoras do netinho Elisa.

Beijos

Ailime disse...

Boa noite Elisa,
Que escultura tão bela!
Aprecio imenso pedregulhos! Parecem ter sempre algo a transmitir-nos, apesar de não terem vida!
Beijinhos,
Ailime

redonda disse...

Não conhecia esta obra ou o artista - um destes dias tenho de ir passear para Santo Tirso.
um beijinho e uma boa semana
Gábi

Emília Pinto disse...

Conheço Sto Tirso? Claro que sim, ou melhor, pensava que sim, pois nunca vi esta obra ou se passei por ela, nem reparei. Quanto à Penha, já não digo o mesmo; já fui lá várias vezes e andei no teleferico. Fiquei encantada com o medronheiro, especialmente com o seu fruto;não o conhecia e achei-o lindo, Obrigada pela partilha e parabéns pelos teus olhares sempre oportunos . Fica bem, amiga. Um beijinho e um dia destes telefonar-te-ei, Até. ...
Emília

Isy disse...

Uma obra simplesmente fantástica! Adorei! Tens sempre fotografias lindas e dignas de se ver!

Bjxxx

Remus disse...

Desconhecia a existência desta obra escultórica em Santo Tirso.
Deduzo que a pedra que dorme, dada o seu tamanho, já existia nesse sitio. Ela só foi ligeiramente esculpida, para insinuar umas pálpebras e o nariz.
Se assim foi, foi uma forma inteligente de aproveitar a presença do penedo.

Boboquinha disse...

a ultima é uma placa fúnebre?

Mona Lisa " Animada"

ShareThis