terça-feira, março 29, 2016

Pelos caminhos de Portugal...



Inaugurado em 1884, o Jardim Zoológico de Lisboa foi o primeiro parque com fauna e flora da Península Ibérica. Foram vários os seus fundadores - Dr. Pedro Van Der Laan, José Thomaz Sousa Martins e o Barão de Kessler - que contaram com o apoio de várias personalidades, o Rei D. Fernando II e o zoólogo José Vicente Barboza do Bocage.

As primeiras instalações situaram-se no Parque de São Sebastião da Pedreira, que foi cedido gratuitamente pelos seus proprietários.
Mais tarde, o parque mudou-se para a Palhavã e a 28 de maio de 1905, foram inauguradas as novas e definitivas instalações na Quinta das Laranjeiras. No dia 12 de março de 1913, o Jardim Zoológico foi declarado Instituição de Utilidade Pública.

As inúmeras remessas de animais vindos de África e do Brasil contribuíram para que, ao longo dos anos, o Jardim Zoológico tivesse uma das colecções de animais mais vastas e diversificadas do mundo.

Destacaram-se, na realidade, alguns governadores das ex-províncias ultramarinas no contributo para o enriquecimento da colecção zoológica com exemplares de espécies exóticas, pouco conhecidas e muito atractivas.

 Em 1952, a Câmara Municipal de Lisboa galardoou o Jardim Zoológico com a Medalha de Ouro da Cidade.

A queda do Estado Novo em 1974 e a consequente independência das antigas colónias em África, significou a quebra do forte apoio prestado ao Jardim Zoológico pelas autoridades na diversificação e renovação da colecção animal.


Em 1990, a nova política de gestão adoptada por Félix Naharro Pires, que entretanto tomou posse como Presidente do Jardim Zoológico, teve por objetivos a modernização das instalações existentes, assim como dos serviços.
Em paralelo, foram criados os serviços comerciais, marketing, relações públicas e imprensa, de modo a dinamizar o Parque como parceiro privilegiado das empresas.

Promover a educação para a conservação junto do público visitante foi, também, uma das principais preocupações, que rapidamente mereceu a criação de um serviço próprio, o Centro Pedagógico.

Atualmente o Jardim Zoológico representa o papel de educador, com a vantagem de possuir uma das melhores salas de aula do país, cuja coleção animal, espaço e atividades proporcionam uma aprendizagem atraente e eficaz.
O Jardim Zoológico deixou de ser uma montra de animais para assumir um papel ativo na proteção e conservação da Natureza. A melhoria das instalações para os animais permitiram o aumento da taxa de natalidade. 

Hoje em dia, o Jardim Zoológico está diferente, tem uma nova missão e uma nova mensagem. Apresenta novas atrações e instalações. O Jardim é um espaço onde aliada à conservação e à educação está uma forte componente de entretenimento e diversão.

Neste novo Zoo habitam cerca de 2000 animais num conjunto de aproximadamente 300 espécies, entre mamíferosavesrépteis anfíbios.







Algumas dessas espécies




















19 comentários:

✿ chica disse...

Adorei conhecer um pouco da história e passear contigo pelo Jardim Zoológico! Muito lindas fotos! bjs, chica, lindo dia!

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Excelente trabalho e belas fotografias.
Um abraço e boa Terça-Feira.

Manu disse...

Há anos que lá não vou e a última vez que fui apanhei uma decepção.
Pelas tuas maravilhosas fotos, deu vontade de voltar.
As imagens estão soberbas.

Beijinhos Elisa

Cidália Ferreira disse...

Simplesmente fantástico! Amei!!

Beijo e um dia feliz

Coisas de Uma Vida 172

Poções de Arte disse...

Bom dia, Mona Lisa!
Que local rico!
É uma maravilha poder contemplar estas espécies tão de perto.
Parabéns pelas fotos - apaixonantes!

Abraços e ótima semana,
Márcia.

Remus disse...

Só fui uma única vez ao Jardim Zoológico de Lisboa. Era eu um moço de 11 ou 12 anos. Na altura fiquei encantado com tanto animal diferente, concentrado num espaço relativamente pequeno.
E lembro-me que existia (hoje em dia não sei se ainda continua a existir) um elefante que tocava uma sineta, sempre que alguém lhe dava alguma coisa (agora já não sei o que era).
:-)

Desde que os animais tenham qualidade de vida e sejam bem cuidados, sou um apoiante dos jardins zoológicos.

Anajá Schmitz disse...


Lindo zoológico. Belas especias de aves.
Post maravilhoso.
Bjos tenha uma ótima semana.


Crocheteando...momentos! disse...

Estive aí há quatro anos para recordar e fiquei surpreendida pois melhorou bastante!
Até almocei numa bela esplanada e gostei!
Gostei dos registos...bj

Crocheteando...momentos! disse...

Estive aí há quatro anos para recordar e fiquei surpreendida pois melhorou bastante!
Até almocei numa bela esplanada e gostei!
Gostei dos registos...bj

aluap Al disse...

Adorei o post. Continue, pois faz um óptimo trabalho pelos caminhos de Portugal!
Já fui algumas vezes ao Jardim Zoológico e quase sempre lembro das tias do Vasquinho (Da canção de Lisboa).

Beijinhos e boa semana.

Liliane de Paula disse...

Mona Lisa, não sabia que seu pai tinha falecido.
Quando vc coloca as poesias dele(e eu nem entendo de poesias)prensei que ele estive presente na sua vida.
Sua mãe lembro de vc falar de está numa Clínica de Cuidados.
Parece que a sensação de orfandade independe de quantos anos a gente tenha.

Adoro Zoológicos.
Mas hoje me preocupo em observar se o animal está entristecido porque estamos ali olhando para ele.
Veja a foto do Elefante? Parece triste.

Ana Freire disse...

Está espectacular o post!!!!!
Um sítio que certamente procurarei ir, nos próximos meses... pois até passo por lá bem perto, com alguma frequência... e aos anos, que lá não vou espreitar as novidades...
E depois de ver imagens assim... ainda com mais vontade fiquei de lá ir...
Estão formidáveis!
Beijinhos, Elisa! Continuação de boa semana!
Ana

O meu pensamento viaja disse...

Fantástica reportagem que me transportou à infância, quando íamos a Lisboa visitar o Zoo.
Beijo

Emília Pinto disse...

Ja há muito não visito o jardim zoológico. Quando era criança e o visitei pela primeira vez, o que mais me encantou foi o cemitério dos cães e tb o elefante com a sineta . Claro, os animais me fascinaram, mas, cemitério de cães foi uma autêntica surpresa, Beijinhos Lisa e obrigada pelo belo bolo; apesar de se terem passado alguns dias ainda estava muito saboroso. Espero que tenhas tido uma Páscoa feliz e que assim continue.
Emilia

Pepi, Xixo, Juja, Jujuba disse...

Adorei conhecer o Zoo.
As fotos ficaram muito belas, Elisa querida.
Tenha um abençoado fim de semana.
Um carinhoso abraço de
Verena e Bichinhos.

Pepi, Xixo, Juja, Jujuba disse...

Adorei conhecer o Zoo.
As fotos ficaram muito belas, Elisa querida.
Tenha um abençoado fim de semana.
Um carinhoso abraço de
Verena e Bichinhos.

MARILENE disse...

As fotos são lindas. Gosto de ver registros de animais e aves. Depreende-se de seu texto que o zoológico desempenha, atualmente, um magnífico papel, além do de entretenimento. Bjs.

luisa disse...

Parece impossível, eu que vou frequentemente a Lisboa e até fico nessa zona, ainda não fui (nos anos mais recentes) ao Jardim Zoológico.

redonda disse...

Aqui já estive e algumas vezes, a última já há vários anos - não tirei foi fotografias assim, gostei de todas.
um beijinho

Mona Lisa " Animada"

ShareThis