sexta-feira, julho 01, 2016

Sintonia entre olhar e poesia


Já te lembraste que com passo dado,
pequeno ou grande na subida ou descida,
o teu viver será encurtado?
Morte ao nascimento parecida.

Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra)
11/5/ 1926 a 23/4/ 2015

22 comentários:

✿ chica disse...

iniciando JULHO com a bela poesia do teu pai e tua foto linda! Gostei muito! beijos, feliz JULHO! chica

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Uma bela postagem minha amiga, gostei.
Um abraço e bom fim de semana.
Andarilhar

Nana disse...

Olá amore ... que seu mes de Julho possa ser abençoado por Deus ,com muita saúde e muitas alegrias .... bjinhos em seu coração ... Obrigado pelo seu carinho em meu cantinho. ... bjus :)

Manu disse...

Como sempre um belo poema para iniciar o mês.
A foto tem tudo a ver com a estação...verão, molhar os pés, chapinhar...um momento que retrata bem o bom que é sentir a água.

Beijinhos Elisa

Remus disse...

Estou que a Elisa entrou em Julho com os pés na água.
Em boa verdade, por estes lados, tem estado uma nortada tão fria, que nem sei como existe gente com coragem de estar na praia.
:-P

Acho que a fotografia ficou muito bem. A diagonal criada pela rebentação da água, ficou bem valorizada.

Emília Pinto disse...

Como tem razão o teu pai, Lisa!!! A cada passo que damos para a frente, o nosso tempo por aqui dá um passo atrás. Que fazer? Só entender e aceitar que assim é. Quanta à água, a foto está uma maravilha, mas ela um gelo. Beijinhos, amiga e um bom fim de semana
Emilia

Liliane de Paula disse...

Pois não é que é verdade, Mona Lisa!

O meu pensamento viaja disse...

Lindo! Adoro relembrar a voz do nosso poeta.
Beijo, querida.

Lete disse...

Que lindos: foto e poema, muito bem enquadrados no mês que hoje começou.
Um doce e sentida lembrança do paizinho, adorei!

Cidália Ferreira disse...

Lindo poema, excelente foto. Como sempre

Beijos e um óptimo fim de semana.
Coisas de Uma Vida 172

A Nossa Travessa disse...

Mona Lisa

Se o Leonardo Da Vinci aqui viesse ficaria admirado do seu quadro ter mais de um pai: ele e o que tu recordas numa poesia. Bendita filha.

Tenho-te encontrado em muitos blogues de gente e amiga. Intriguei-me: Por que bulas não vou lá? E vim e gosto e comento e inscrevo.me em seguida como teu...SEGUIDOR O teu blogue, além de bonito é... confortável. Voltarei - quando não sei mas... voltarei

Qjs = queijinhos = beijinhos
___________

Entretanto, venho informar-te que o meu novo blogue (depois do blogger me ter roubado 14 anos de blogosfera e sem explicação do motivo) é o http://anossatravessa.blogospot.pt
Espero (e desejo) que me visites, comentes e sigas-me, sff. Desculpa a chatice, Muito obrigado


A Nossa Travessa disse...

Esqueci-me (a caminho dos 75 aninhos acontece) mas ainda julgo que ainda vou a tempo. Assino como

Leãozão

Helena Resende disse...

Que bonito!... tanto a foto como o poema...

http://checkinonline.blogspot.pt/

Ana Freire disse...

Sábias palavras, que tanto destacam a importância da vida... morremos um pouco a cada dia...
Então... se temos a eternidade para ficarmos mortos... nada como aproveitar bem a vida, a cada instante... há que viver para contá-la... lá dizia Garcia Marquez...
A imagem está excelente... focando os passos... e a sua importância... através das nossas opções de vida... e ao mesmo tempo... parece fazer um apelo à vida, e à alegria...
Gosto muito! Beijinhos! Bom fim de semana! e bons dias de praia, se for o caso...
Eu... só lá para Agosto! Até lá... um mês de pinturas, arrumações e limpezas, pela frente, aos poucos... que este Inverno foi terrível, aqui por casa...
Ana

Lucinalva disse...

Linda reflexão, desejo uma boa noite.

lis disse...

E a cada mês o Sr.Agostinho nos brindava com a sabedoria do poeta que foi ,Deixou um legado de acrósticos , poemas e textos históricos.
Grande viver com lucidez e honradez!
Parabéns Elisa por cultuar sua memória brilhante.
um abraço e boas entradas de Julho.
com um abraço

Crocheteando...momentos! disse...

Uma forma de recordar a alma do poeta...acompanhando um belo olhar de verão!
Bj

Crocheteando...momentos! disse...

Uma forma de recordar a alma do poeta...acompanhando um belo olhar de verão!
Bj

Zulmira Romariz disse...

Recordar é viver e ler os poemas do teu pai é muito agradável, e os passos
na areia também, bjs amiga, feliz semana

redonda disse...

Gostei muito da fotografia, fiquei a pensar nas palavras do poema.
um beijinho

luisa disse...

Inevitável. Começamos a morrer desde que nascemos.

Ailime disse...

Boa noite Elisa,
O seu pai era um enorme pensador e poeta.
Mgnifica foto em sintonia.
Beijinhos,
Ailime

Mona Lisa " Animada"

ShareThis