terça-feira, novembro 22, 2016

um olhar





Olha estas velhas árvores, mais belas
Do que as árvores moças, mais amigas,
Tanto mais belas quanto mais antigas,
Vencedoras da idade e das procelas...
O homem, a fera e o insecto, à sombra delas
Vivem, livres da fome e de fadigas:
E em seus galhos abrigam-se as cantigas
E os amores das aves tagarelas.
Não choremos, amigo, a mocidade!
Envelheçamos rindo. Envelheçamos
Como as árvores fortes envelhecem,
Na glória de alegria e da bondade,
Agasalhando os pássaros nos ramos,
Dando sombra e consolo aos que padecem!


Olavo Bilac

19 comentários:

Catarina disse...

Uma árvore com muita originalidade. Um pouco complicada! : )

Zilnete Antunes disse...

Olá, amiga Elisa!
Belo poema!
Um pouco complicado essa história de envelhecer...
Comigo não está funcionando muito bem!! Rsrsrs!
Boa semana!
Bjos!

Isa Sá disse...

Bela imagem e o poema também.

Isabel Sá
Brilhos da Moda

✿ chica disse...

Poema muito lindo mas a tua foto um show! Adorei! Obrigadão pelo carinho lá! bjs, chica

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Desconhecia este belo poema do Olavo Bilac, e aquela árvore é um verdadeiro monumento natural.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar

Bella disse...

Belíssima árvore! Bem antiga e robusta. Bjs

Manu disse...

Uma árvore imponente, um abrigo e imensa beleza de uma foto que acompanhaste muito bem com um poema do Olavo Bilac.

Beijinhos Elisa

Bergilde Silva Torres Croce disse...

Foto e poema sublimes expressando tão bem o amor à vida, à Natureza!
Abraços Elisa!

Cidália Ferreira disse...

Ao nosso olhar, quantas histórias terá esta árvore para nos contar?

Beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Remus disse...

Uma árvore bem centenária. Cada raiz, cada ramo, cada tronco, possui a sua história.
É pena que as árvores centenárias sejam cada vez mais raras.

Os olhares da Gracinha! disse...

Elisa ainda hoje andei no Botânico e fiquei fascinada com a grandiosidades de algumas espécies!
Aqui está um belo olhar e um poema maravilhoso!!!
bj amigo

O meu pensamento viaja disse...

Ainda se fosse fácil! Refiro-me ao envelhecer que é uma grande chatice!
Só para as árvores é que poderá ser bom.
Beijo

luisa disse...

Que árvore magnífica. Pudéssemos nós envelhecer assim... :)

Ana Freire disse...

Envelheçamos como as árvores... de pé, até ao fim!
Um poema que desconhecia... conjugado com uma imagem perfeita para o mesmo!
Um post notável, Elisa! Adorei!
Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
Ana

Liliane de Paula disse...

Que beleza de tronco!

S disse...

Adoro este tipo de árvores! São lindas e acho que tem uma energia fantástica de natureza pura :)
Bj S

Lete disse...

Até se diz que as árvores morrem de pé... :)
Uma belíssima foto com um poema ternurento. Infelizmente só este tipo de envelhecimento é valorizado, já que o nosso... tenho medo, muito medo do que me espera... :(
Beijinho, minha querida!

Cantinho da Gaiata disse...

Muito bem enquadrada a foto dessa árvore com o poema.
Amei do fundo do coração.
Bj

Elvira Carvalho disse...

Excelentes fotografias, belo poema. Resultado uma postagem de encantar.
Um abraço e bom fim de semana

Mona Lisa " Animada"

ShareThis