quarta-feira, setembro 27, 2017

Um olhar


Solidão é  como uma folha seca caída na calçada.


14 comentários:

redonda disse...

Uma definição muito certa e bem ilustrada na fotografia.

um beijinho grande com o desejo que tenhamos sempre amigos bem perto para não nos sentirmos sós

Catarina disse...

Outras folhas se juntarao a esta...
: )

✿ chica disse...

Linda foto...Palavras que fazem pensar...beijos, tuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo olhar outonal.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Bella disse...

Uma linda foto. Palavras que ilustram bem os dias de hoje :|

Bjs

Liliane de Paula disse...

Essa folha tem na bandeira do Canadá. E é linda.

Mona Lisa, saudades, silêncio e solidão são coisas que doi mais que 20 dor de dentes, para mim.
E sou covarde. Corro desses 3 "S".

Manu disse...

Uma bela folha de Outono, espero que não te sintas só, outras folhas virão e alegrarão os teus dias.

Beijinhos Elisa

Os olhares da Gracinha! disse...

O vento vai soprar e levá-la num belo bailado!
Adorei o olhar ... bj amigo

Cidália Ferreira disse...

Bela descrição.

Beijinhos
Imagem linda :)

O meu pensamento viaja disse...

Ainda assim tem a sua beleza. Cumpre-se o ciclo da vida e em breve outras nascerão.
Beijinhos

Emília Pinto disse...

E as árvores, mesmos as mais fortes, as mais antigas vão perdendo as suas folhas, mas creio, não sentem solidao, pois ficam os galhos e sabem que têm de cuidar deles. Uma estação nostalgica esta, Lisa. Perdeste uma parte de ti, amiga, mas não podes simplesmente cair, como esta folha; há quem precise muito de ti. Força amiga! Obrigada pelos belos olhares
Emilia

Ana Freire disse...

À qual, muitas outras folhas se juntarão... certamente em breve...
Fico sempre na dúvida, se a pior solidão é a que se sente só... ou acompanhado...
De qualquer forma, é uma imagem outonal bem bonita, com o seu quê de nostalgia...
Beijinhos, Elisa! E um xi-♥ apertado!...
Ana

Remus disse...

... Mas a qualquer momento, a folha pode sentir o vento e voar, ser livre novamente. Basta existir o empurrão do vento.
;-)

Belo composição. Regra dos terços muito bem aplicada.

Cantinho da Gaiata disse...

Uma bela combinação, entre a solidão e a foto, amei.
Bj

ShareThis