quarta-feira, julho 04, 2018

Um olhar



São redondas, são pequenas
Doces beijos de crianças
São regalos, são poemas
De prová-los, quem se cansa?

Lídia Borges

14 comentários:

Rejane Tazza disse...

Apetitosas de verdade!👏👏👏👏👏bjs e tudo de bom!chica

lis disse...

Bela foto,Elisa e gostosas !
e o poeminha da Lídia é também muito bom.Gosto de ler a Lídia Borges ,é fantástica !
meu abraço pra ti.

Os olhares da Gracinha! disse...

Eu nunca me canso!!!
Gosto do olhar ... bj

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Hummm olhar delicioso.
Um abraço e continuação de boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Cidália Ferreira disse...

Nunca me canso. Só páro no fim!

Beijo e um excelente dia!

Larissa Santos disse...

Adoro as suas palavras. Adoro cerejas :))

Bjos
Votos de uma óptima Quarta-Feira

Bella disse...

Uuuu, yummy. Gosto muito!
Só me canso de prová-las quando ainda estão verdes :)
Bjs

Lete disse...

Adoro cerejas, não conheço ninguém que não goste... :)
Foto linda e apetitosa... foram a minha sobremesa de hoje!

Manu disse...

Sabes que é a fruta que eu mais gosto?
Estas estão com um aspecto delicioso.

Beijinhos Elisa

Remus disse...

Este ano mal comi cerejas. Não sei se existem poucas... mas o que é verdade, é que não as tenho visto à venda na abundância de outros anos.
Acho que vou roubar algumas destas, só para não ficar aqui ougado.
:-D

aluap Al disse...

Que deliciosa tentação nos mostras...
Gosto muito de cerejas.
Beijinhos.

Ani Braga disse...

Adorei estar aqui...
Espero sua visita em meu blog também e se gostar siga, já estou seguindo o seu.


Beijos
Ani

https://cristalssp.blogspot.com.br

Liliane de Paula disse...

Cerejas!!!!!!!
Gosto demais.

Agora somos amigas também no Facebook,viu?

Ana Freire disse...

De prová-las... nunca me canso... embora constate, que muitas das que se vendem agora, não têm o sabor das de outros tempos... aliás, como a maioria da fruta... parece que hoje em dia, tudo cresce à pressão... antes do seu próprio tempo...
Uma imagem deliciosa, em plena sintonia com as palavras leves e doces, de Lídia Jorge...
Adorei o post, Elisa!
Beijinhos!
Ana

ShareThis