segunda-feira, setembro 14, 2009

Esparsa


Fui à praia para ver
os contornos do teu corpo.
Entrei na água com prazer,
de lá vim em desconforto.
Pintaste, sem eu saber,
as pernas: que feio horto!
Ouve , amiga, irás ter
passagem grátis pr’o porto
d’inferno e aí vais dizer
que tudo cá anda torto.

(esparsa em décima, de verso de arte real- redondilha maior- , segundo o esquema abab abab ab)

Vocabulário
Torto= errado


Agostinho Alves Fardilha (o meu pai)
Coimbra

15 comentários:

Carla disse...

Oi Elisa tudo bem contigo? Sei que é injusto perguntar isto, especialmente eu que fico ausente imenso tempo, mas tenho estranhado a sua ausencia e fiquei preocupada e se calhar esta de férias e eu perdi mais uma entrada sua.......Beijo

Paula Raposo disse...

Que delícia! Adorei. Beijos.

Anónimo disse...

Bela estrutura poética da cantiga medieval palaciana.

Parabéns.

mfc disse...

A exigência permanente da forma sem esquecer a substância.

Milai disse...

Obrigada Elisa pela visita.
Gostei e o seu Pai escreve muito bem
Beijinhos e boa semana

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Elisa linda,

Toda vez que você posta algo do seu pai meu coração emociona. Sei o que significa palavras daqueles que temos como referência desde a hora que nascemos. Um poeta nato que fez, de uma filha querida, uma mulher cheia de encanto.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

OLá Amiga
O teu pai escreve lindamente, eu adoro.
Então conta coisas...
Queremos ver a reportagem fotografica.
Bjs
Ana

Zé Al disse...

Muito sastifeito por estar de volta,já estava preocupado,mas vejo que ausência valeu apena e isso é que interessa!
Sastifeito também por ler mais um poema de seu pai o qual já notava também uma grande ausência!
Como sabe adoro a sua poesia!
Beijos Zé Al

Anónimo disse...

É na verdade um poema, ou seja, mais um poema do teu pai escrito com beleza, correcção e verdade de factos.
A propósito de encontros e da decepção do« apaixonado » que digo:
«A vida é a arte do encontro, embora haja muitos desencontros»
Hoje porém fica registado o nosso casual encontro seguido dum almoço no S. Rosendo.
Interessante a coincidência de factos.
Mais uma vez apresento os meus parabéns ao teu querido e ilustre pai. Faço votos para que continue, pois a poesia alimenta-nos e ajuda-nos a «vaguear» pelo mundo do outro.
Parabéns Sr. Agostinho!

Lilá(s) disse...

Que beleza de poema! e então a imagem que o acompanha! maravilha.
bjs

Laurita disse...

Olá Amiga, lindo poema do seu pai. Agora sei de onde vem essa veia poética. Adorei a foto é realmente uma maravilha. Beijócas boa semaninha.

Maripa disse...

Que delícia de momento de poesia!

A fotografia,tão interessante, a relembrar-me tempos passados...

Beijinho,Lisa e bem haja pela partilha.

Parabéns ao Pai.

Persida Silva disse...

Olá amiga, pois é, o tempo está me faltando muito mas ; vamos dando geito...agradeço pela simpatia.
Abraços
@rtisticamente
Persida Silva

Kristal disse...

Ola Mona, como vai?
Espero que bem :)
Vim te visitar e agradecer os comentarios semrpe tao queridos que vc me deixa. Um gde beijinho e volte sempre.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

Mona Lisa " Animada"

ShareThis