sábado, fevereiro 27, 2010

Viver Despenteada


Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie.

Por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...

O mundo é louco, definitivamente louco...

O que é bom, engorda. O que é lindo, custa caro.

O sol que ilumina o teu rosto, enruga.

E o que é realmente bom nesta vida, despenteia...

- Fazer amor - despenteia.

- Rir às gargalhadas - despenteia.

- Viajar, voar, correr, entrar no mar - despenteia.

- Tirar a roupa - despenteia.

- Beijar a pessoa amada - despenteia.

- Brincar - despenteia.

- Cantar até ficar sem ar - despenteia.

- Dançar até duvidar se foi boa ideia calçar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos

eu vou estar com o cabelo despenteado...

Mas podes ter certeza que estarei a passar pelo momento mais feliz da minha vida.


É a lei da vida: Vai estar sempre mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.


Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável,

toda arrumada por dentro e por fora...

O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:

Penteia o cabelo, põe, tira, compra, corre, emagrece,

come coisas saudáveis, caminha direita, fica séria...

E talvez até devesse seguir as instruções, mas...quando me vão dar a ordem para ser feliz?

Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita???

A pessoa mais bonita que posso ser!


A única coisa que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.

Por isso, a minha recomendação a todas as mulheres:

Entrega-te, Come coisas gostosas, beija, abraça,

dança, apaixona-te, relaxa, viaja, salta,

dorme tarde, acorda cedo, corre, voa, canta, arranja-te para ficares linda, arranja-te para ficares confortável,

admira a paisagem, aproveita, e acima de tudo:

Deixa a vida despentear-te!!!!


O pior que pode acontecer é que, rindo em frente ao espelho, precises pentear-te de novo...

Autor desconhecido
foto:internet

20 comentários:

Pérola disse...

Boa noiteeeeeeeeeeeeeeeeee.
Eu confesso,estou toda despenteada rs.
Amei a postagem,parabéns.
Um beijo grande.

Agulheta disse...

Elisa. Como gostei de reflectir neste despentear?Realmente todas as coisas que gostamos,nos fazem despentear! Mas penso ficar despentiada muitas vezes...gosto de algumas coisas por aqui.
beijinho e bfs Lisa

wallper.lima disse...

Por isso que pouco penteio meus cabelos...kkkkkk! Adorei a postagem, pois de uma forma leve e engraçada, nos faz refletir o que realmente tem valor nesta vida, e que devemos soltar a fera que existe dentro da gente, e acima de tdo nos amar!!!
Bjocas.
Wal.

Pérola disse...

Um maravilhoso dia.
beijos 1000

Anónimo disse...

E...mais uma vez estou cantarolando, pois este artigo "tão especial".
me levou a isso.

« Vem, canta, vive cantando
Vive sonhando um novo sol...»

Este artigo é muito especial pois ao falar da Mulher não pode ter outra caracteística .

Argumentá-lo não é tarefa fácil.
Quando reconhece ( o autor) que, hoje ,aprendeu e que decidiu aproveitar a vida, nada nem ninguém poderá negar esta evidência.

Ai de nós se não estivermos sempre a aprender!!!
Ai de nós se não nos sentimos capazes de sermos Mulheres com letra maiúscula.
Sim. Diria também como Fernando Pessoa:
«Que fiz eu da vida?
Que fiz eu do que queria fazer da vida?
Que fiz do que podia ter feito da vida?»

E ainda continua...
«Afinal, a melhor maneira de viajar é sentir.
Sentir tudo de todas as maneiras.
Sentir tudo excessivamente.»

Aventuro-me a dizer que afinal Fernando Pessoa tal como este autor desconhecido nos aconselham a sermos felizes.
E para ser feliz eu tenho de me "despentear"; de me soltar de tudo que me impede de ser mulher; de ser «EU»; de me sentir bem comigo mesma; de me apaixonar inteiramente;de saltar ; de correr;
enfim de aproveitar a vida, pois ela é um momento único , que o momento é vida.

Gosto imenso de sentir os meus cabelos ondular ao vento. Dá-me um gozo especial.
Viva todo aquele que me admira toda despenteada!
Vivam todos os momentos que me fazem sentir despenteada!

Que belo conselho:
«Deixa a vida despentear-te!!!
Parabéns pelo artigo escolhido.
Beijinhos.

Milai disse...

Mais vale andar despenteado do que muito pentiadinho...
Beijinhos

mfc disse...

Despentearmo-nos é bom!

BAÚ DA JOANINHA disse...

Olá Elisa,
Passei para lhe desejar a continuação de um bom fim de semana, apesar deste tempo "horroroso".
Beijinhos,

Joana

Canduxa disse...

Elisa,

Despentear é o mesmo que viver escutando o coração. A vida tem outra cor, outro som e outro sabor.
Deixo muitas e muitas vezes que a vida me despeitei e são essas as vezes que me sinto mais feliz.

beijinhos

Savi disse...

Boa noite Elisa
Com este vento nem o mais pentiadinho aguenta!!!
Parabéns por esta postagem,é sem dúvida muito reveladora.
Beijinhos,bom domingo tranquilo e caseiro,pois o tempo não convida para mais.
Savi

Just Me...S disse...

Interessante este texto :)

Confesso que gosto de estar penteada, mas existem alturas que temos de despentear claro!! :))

Beijoca doce

xandarte disse...

E viva o cabelo despenteado,hehehe
Bom Domingo

lis disse...

Oi Mlisa
Hoje mesmo comentei num blog que meus cabelos por serem lisos vivem "desalinhados".Aproveito esse verao ( que nao volte o calor) pra ficar sempre com eles molhadinhos, seja onde for.Falta resistencia pra arrumá-los, quero mesmo é que eles fiquem ao vento (qdo tem) rsrs
grande abraço, amiga

Lilá(s) disse...

Belo texto hem! fiquei com uma vontade enorme de me despentear...e ainda bem que está esta ventania.
Bjs

Pérola disse...

Muito obrigado pela visita.
Aproveito para deixar um beijo.

Maripa disse...

Adorei o texto!

Tudo o que é bom despenteia...então,nada de laca.

Apreciar os momentos bons da vida e soltar os cabelos ao vento!

Beijinho,Lisa.

Rosa Goncalves disse...

Era uma vez um homem com apenas 4 cabelos, foi ao cabeleireiro arranjar o cabelo, ao chegar o cabeleireiro lhe perguntou, diga o senhor como quer o arranjo do seu cabelo? ele respondeu , quero um pouco mais curto e risco ao meio, o cabeleireiro foi fazer o que o senhor lhe pediu, mas ao pentear caiu um dos cabelos, o cabeleireiro ficou muito checado ao fazer cair o cabelo, mas o senhor logo de seguido não se manifestou a pena do cabelo ter caído e lhe disse, faça-me um risco ao lado um cabelo para um dos lados e 2 para o outro, o cabeleireiro começando a pentear de novo mas ao mesmo tempo lhe caiu outro cabelo, ficando muito triste, hai!, que caiu outro cabelo, o senhor não ficando magoado lhe respondeu, faça-me um risco ao meio, um cabelo para um dos lados o outro para o outro, o dito cabeleireiro começou de novo, hai!! caiu outro cabelo, o senhor levanta-se da cadeira onde estava a ser penteado,mas muito zangado com o cabeleireiro levanta a voz para o cabeleireiro dizendo, ::: EU JÁ SABIA QUE VINHA AQUI PARA FICAR TODO DESPENTEADO !

Bella disse...

Não é por nada não, mas eu muitas vezes ando despenteada kkkk

Bjs

fernanda disse...

Rosa Gonçalves, permita-me que lhe diga que a sua história é muito "gira".
Consegui imaginar o homenzinho que se sentia perfeito com o seu visual e nada de complexos!!!
Muito boa mesmo!!!
Parabéns, e obrigada pela boa disposição que criou à minha volta.
Meu marido, filho e eu "levantamos os cabelos" de tanto rir.
O que é bom para partilhar.Continue, sempre que tenha" receitas especiais".
Beijinhos.

Mena disse...

Olá!
Adorei o texto!
Bj
Mena

Mona Lisa " Animada"

ShareThis