sexta-feira, dezembro 11, 2015

Um olhar


A alegria da vida, essa alegria d'oiro
A pouco e pouco em mim vai-se extinguindo, vai...
Melros alegres de bico loiro
Ó melros negros, cantai, cantai!
(...)

(Guerra Junqueiro)


23 comentários:

Liliane de Paula disse...

Será que está solitário? Assustado?

Manu disse...

É muito difícil fotografar um melro, não param, daí que ache que esta foto foi um feliz momento e muito bem conseguida.

Beijos Elisa

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Muito bem apanhado belo olhar.
Um abraço e bom fim de semana.

Cidália Ferreira disse...

Um olhar muito bom... Para pensar!!

Bom fim de semana
Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Catarina disse...

E teria cantado?! ; )

Bella disse...

Uau, que foto tão linda! O melro está lindo! Bjs

Carpe Diem disse...

Uau, que foto!!! Ainda não consegui fotografar um melro! São extremamente difíceis de fotografar! Bela foto, parabéns!!!
Beijinhos

O meu pensamento viaja disse...

É um pássaro especial, espertalhão, teimoso ... tenho aqui um que me desenterra freneticamente os bolbos, o grande chato! A melra é mais feiinha, mas mais sossegada!
A foto está muito gira.
Bom fim de semana, querida. Parece que vamos ter solinho!
Beijo

Remus disse...

Belo melro.
Nunca consegui apanhar nenhum. Mas já tentei apanhar (em termos fotográficos, é claro!) muitos. Mas eles são sempre mais rápidos que eu.
:-)

Este fez pose!
Deve ter ficado encantado com a Elisa... É a única justificação que encontro.
:-)

Ana Freire disse...

Um pássaro, tão comum, aqui por estes lados... com um cantar forte, e bonito... muito idêntico ao dos rouxinóis do Japão... aliás... estas espécies devem-se entender... pois já tive um, que respondia aos melros que ouvia na rua... e vive versa...
Contudo... também nunca consegui apanhar nenhum a jeito... em termos fotográficos... e eles poisam frequentemente, quase todos os dias nos muros, das traseiras da minha casa... mas mal pressentem alguém perto... e lá vão eles!
A imagem está incrível! Muito bonita!... E o melro com um ar tão doce... habitualmente, são mesmo muito nervosos e assustadiços...
Beijinhos! Bom fim de semana!
Ana

MARILENE disse...

Que oportunidade feliz!!! A foto ficou linda! O pássaro colaborou e ficou quietinho (rss). Bjs.

Jaime Portela disse...

Adoro ouvir os melros cantar.
Excelente foto. E difícil, pois o melro poderia ter fugido...
Lisa, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Crocheteando...momentos! disse...

Lindo esse olhar! Meu pai criou um melro que canta e encanta quem passa! É muito inteligente! Custa_me tê_lo na gaiola mas receio que não sobreviva se o soltar! Atualmente sua penugem preta está raiada de branco! Gostei da poesia que não me recordava...bj

Crocheteando...momentos! disse...

Lindo esse olhar! Meu pai criou um melro que canta e encanta quem passa! É muito inteligente! Custa_me tê_lo na gaiola mas receio que não sobreviva se o soltar! Atualmente sua penugem preta está raiada de branco! Gostei da poesia que não me recordava...bj

Helena Resende disse...

Que foto amorosa... belo momento!

http://checkinonline.blogspot.pt/

cottidianus disse...

ele está com ar de poucos amigos! se calhar não queria aparecer na fotografia!!
excelente momento

Zilani Célia disse...

OI MONA LISA!
QUE MOMENTO CAPTASTE, PARABÉNS.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

aluap Al disse...

Quando ouço "ximximxim" é um melro a cantar. São especiais, porque não vão e vêm como as andorinhas, ficam por cá.
Conheço o poema do Guerra Junqueiro, mas entretanto lembrei-me dum poema que decorei na escola e que começava assim: "Aquele melro negro,saltitante/Que fez ninho na copa da figueira/Deleita-se a cantar de tal maneira/Que não há quem o cale ou o espante".
Beijinhos.

Lete disse...

Que linda foto e que lindo bichano! Gosto muito de passaritos, quanto mais coloridos melhor... mas esse negrinho com o bico amarelo, é doce e encantador, também!

luisa disse...

Está com ar desconfiado, o melro. :)

redonda disse...

Um verso triste e uma grande fotografia.
(uma vez tentei fotografar um pássaro - não seria um melro - tinha visto vários na relva, até perto, mas mal peguei na minha máquina fugiram todos)
um beijinho

Ailime disse...

Uma foto magnífica! O poema muito a proposito, que não conhecia.
Infelizmente por aqui na rua poluída onde moro já nem os pardais que ha anos atrás poisavam em enormes bandos sobre uma acácia existente em frente da minha casa, cortada pela C.Sintra, dizia, ouço os seus chilreios, melros então muito raro vê-los. Por vezes nos jardins de Sintra já os tenho visto a saltitar.
Beijinhos,
Ailime

Teresinha disse...

É um melro como esse que come os meus araçás de Ponta Delgada! Cheguei a cobrir a árvore com uma cortina e o maroto ia por baixo e bicava os meus ricos araçás amarelinhos!!!
Esta foto está espetacular!
Realmente és uma excelente fotógrafa. Parabéns!
Bjs

Mona Lisa " Animada"

ShareThis